Pedágios em trechos da BR-101 no ES começam a ser cobrados antes de obras

Serão sete praças de pedágio distribuídas ao longo de 475 quilômetros, com tarifas que vão de R$ 1,60 a R$ 3,80

500 mil caminhoneiros precisam efetuar recadastramento no RNTRC
ANTT estipula prazo para criação de pontos para descanso de caminhoneiros em rodovias federais
Trem de alta velocidade não ficará pronto no prazo, diz construtora

BR-101---Espirito-Santo

De acordo com a ECO 101, concessionária, trechos na BR-101 que cortam o Espírito Santo passaram a contar com praças de pedágio ativas no dia 18/5. A autorização para a cobrança da tarifa foi comunicada pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres).

Serão sete praças de pedágio distribuídas ao longo de 475 quilômetros, com tarifas que vão de R$ 1,60 a R$ 3,80. Toda cobrança será bidirecional, ou seja, ocorrerá nos dois sentidos da rodovia. As sete praças ficam localizadas em trechos de Pedro Canário, São Mateus, Aracruz, Serra,Guarapari, Itapemirim e Mimoso do Sul.

Apesar do início da cobrança, as obras de duplicação da rodovia só começam no início de 2015. A cobrança, segundo a concessionária, foi permitida após resultados de obras feitas ao longo do primeiro ano de concessão.

De acordo com a concessionária, metade do trecho da rodovia que corta do Espírito Santo, que compreende 235 quilômetros, deve ser duplicada dentro dos próximos cinco anos.

Com informações do G1

COMMENTS