Consumo de combustível no Brasil sobe 5% em 2013

Consumo de combustível no Brasil sobe 5% em 2013

Ao todo, foram comercializados 136,2 bilhões de litros; em 2012, foram consumidos 129,6 bilhões de litros

Petrobras anuncia nova descoberta de petróleo na Bacia de Sergipe-Alagoas
Preço do etanol apresenta queda em 12 Estados
Preço médio do biodiesel em leilões da ANP cai 12,7% em relação ao ano passado

combustivel MT

De acordo com dados divulgados recentemente pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), o consumo nacional de combustíveis subiu 5% no ano passado, comparando com os resultados de 2012, totalizando 136,2 bilhões de litros. No ano retrasado, as vendas haviam totalizado 129,6 bilhões de litros.

O consumo de óleo diesel apresentou acréscimo de 4,6% na comparação entre 2012 e 2013, passando de 55,9 bilhões para 58,4 bilhões de litros; enquanto o aumento nas vendas de biodiesel atingiu 5,9%, passando de 2,7 bilhões em 2012, para 2,9 bilhões de litros em 2013.

A comercialização da gasolina tipo C (gasolina comum) chegou a 41,3 bilhões de litros, um aumento de 4,2% em relação aos 39,6 bilhões de litros registrados em 2012.

Com o aumento de 20% para 25% do teor de adição de etanol anidro à gasolina A (para composição da gasolina C vendida ao consumidor) a demanda de etanol anidro automotivo aumentou 30,2%.

O consumo de etanol hidratado, que é injetado diretamente nos tanques dos automóveis nas bombas de todo o País, cresceu 9,5%, passando de 9,8 bilhões de litros para 10,7 bilhões de litros entre 2013 e 2013.

No geral, o etanol (anidro e hidratado) teve elevação de 18,8% em 2013 frente a 2012, passando de 17,7 bilhões de litros para 21,1 bilhões.

As vendas de gás liquefeito de petróleo aumentaram 2,7%, passando de 12,9 bilhões para 13,2 bilhões de litros. O levantamento aponta alta de 26,8% no consumo nacional de óleo combustível, com a demanda passando de 3,9 bilhões para 4,9 bilhões de litros.

Os únicos dois derivados a registrar decréscimo de consumo foram o querosene de aviação, que teve a sua comercialização reduzida em 0,9%, de 7,2 bilhões para 7,2 bilhões de litros; e o gás natural veicular, que teve redução de 3,7%. Foram comercializados 5,1 milhões de metros cúbicos por dia em 2013.

Com informações da Agência Brasil

COMMENTS