Renault do Brasil atinge marca de três milhões de motores fabricados

Renault do Brasil atinge marca de três milhões de motores fabricados

Empresa produz propulsores 1.0, 1.2 e 1.6 de 8V e 16V nas versões a gasolina e bicombustível em sua planta localizada em São José dos Pinhais (PR)

Sem Parar é liberado para pagar abastecimento em postos de gasolina
Citroën inaugura nova loja no nordeste
Coluna Autos Giros 2020 – com Daniel Jacques

renault-fabrica-motores

A Renault alcançou nesta terça-feira (1/3) a marca de três milhões de motores fabricados no País. O propulsor 1.6 8V, que equipa o Novo Logan e também a linha Sandero foi a unidade simbólica da quantidade consolidada.

A fábrica de motores da Renault, instalada no Complexo Ayrton Senna, em São José dos Pinhais (PR), foi inaugurada em 1999. Sua capacidade instalada atual é de 400 mil unidades por ano. Hoje, cerca de 40% da sua produção vai para países como Argentina e Colômbia.

Neste complexo industrial, a empresa fabrica os propulsores 1.0, 1.2 e 1.6 de 8V e 16V nas versões a gasolina e bicombustível, que equipam modelos como o Novo Logan, Duster, Sandero, Clio, Kangoo e Fluence, além dos Nissan Livina e March.

Segundo a própria companhia, a marca de três milhões de motores fabricados está diretamente ligada ao trabalho desenvolvido pelo RTA (Renault Tecnologia Américas), criado em 2007, que conta com cerca de 600 engenheiros no Brasil, “além do know how adquirido em seus mais de 100 anos de história no setor automotivo e automobilístico mundial, em especial, na Fórmula 1”, comentou a empresa, em nota.

COMMENTS