Embraer apresenta E175 com alterações para diminuir consumo de combustível

Aeronave alcançou 6,4% de economia em relação ao modelo original, superando o valor anunciado anteriormente de até 5%

Boeing entrega 648 aviões em 2013 e bate recorde
Copa Airlines recebe a aeronave nº 100 e prepara comemoração
Lufthansa Cargo prevê aumento de 20% de capacidade de carga em porões com troca de aeronaves

embraer-aeronave-combustive

A Embraer realizou no dia 12/3 a apresentação do primeiro jato E175 de série com aperfeiçoamento de aerodinâmica para redução de consumo de combustível. As alterações contemplam o desenvolvimento de uma nova ponta de asa, melhoria de sistemas e outras mudanças. A unidade alcançou 6,4% de economia em relação ao modelo original, superando o valor anunciado anteriormente de até 5%.

O jato E175 foi o mais vendido em sua categoria em 2013, com 177 pedidos firmes, além de 60 reconfirmáveis e 277 opções de quatro companhias aéreas dos EUA: Republic Airways, United Airlines, SkyWest e American Airlines.

Além da redução no consumo de combustível, outros aprimoramentos permitirão intervalos de manutenção mais longos, aumento da produtividade e diminuição dos custos de manutenção. De acordo com a fabricante, estas melhorias garantem que o avião permaneça competitivo até a entrada em operação da segunda geração do jato, o E175-E2, que chegará ao mercado em 2020.

A primeira entrega do E175 contendo o pacote completo de modificações está prevista para as próximas semanas.

COMMENTS