Sest/Senat já contabiliza mais de 40 mil pré-inscritos em projeto de CNH gratuita

Sest/Senat já contabiliza mais de 40 mil pré-inscritos em projeto de CNH gratuita

Expectativa do programa é fornecer sem custos a primeira Carteira Nacional de Habilitação, categoria B, a 50 mil jovens em todo o Brasil

Blitz no Paraná identifica 28 casos de descumprimento à Lei do Motorista
Governo desiste de projeto que facilitava acesso à CNH para caminhoneiros
Câmara aprova projeto que permite uso de BO em caso de perda ou roubo da CNH

sest-senat

Segundo o Sest/Senat, desde o lançamento do projeto Primeira Habilitação para o Transporte, no dia 6/2, 40.538 pessoas fizeram a sua pré-inscrição até a manhã do dia 12/2.

A intenção do projeto é fornecer sem custos a primeira CNH (Carteira Nacional de Habilitação), categoria B, a 50 mil jovens em todo o Brasil. Nesse período, o crescimento dos acessos ao site já ultrapassa os 200%.

Para se beneficiar, é preciso ter entre 18 e 25 anos, ter renda familiar de até três salários mínimos, saber ler e escrever, possuir RG ou documento equivalente, participar dos cursos de formação inicial do Sest Senat e assinar um contrato de adesão.

“Nos últimos anos, as empresas estão tendo dificuldades em contratar profissionais, e a nossa ideia é suprir essa carência. Além disso, com a gratuidade da formação e da CNH, também garantimos ao jovem uma profissão, e cumprimos com os nossos objetivos institucionais de desenvolvimento profissional e social”, afirma o presidente do Sest Senat e da CNT, senador Clésio Andrade.

Também faz parte do projeto a continuidade da formação desses jovens para atuarem como motoristas profissionais. Serão oferecidos cursos de formação específica para motoristas de ônibus e caminhão, além de viabilizar a mudança de categoria da CNH (D ou E) dos participantes.

COMMENTS