Embraer fecha com Air Costa pedido firme de 50 E-Jets E2s

Companhia aérea indiana receberá unidades a partir de 2018; aquisição tem um valor estimado de $2,94 bilhões

Rolls-Royce fornecerá motores para 10 aeronaves Airbus da Kuwait Airways
Azul substitui ATR por jatos em uma de suas frequências para Presidente Prudente (SP)
Airbus entrega 46 jatos em fevereiro

embraer-ejet-homeA fabricante de aeronaves Embraer assinou um acordo com a indiana Air Costa, para um pedido firme de 50 E-Jets E2s, com direitos de compra para aquisição de outras 50 aeronaves.

A aquisição é uma combinação de 25 E190-E2 e 25 E195-E2 e tem um valor estimado de $2,94 bilhões, com base nos preços de lista de 2014. Os direitos de compra são para outros 25 E190-E2 e 25 E195-E2, elevando o potencial total do pedido para até 100 aeronaves, podendo atingir $5,88 bilhões, se todos forem exercidos.

Esta transação eleva o total de pedidos de E-Jets E2 para 200 firmes e 200 opções e/ou direitos de compra desde o lançamento do programa E2, em junho de 2013.

Com isso, a Air Costa se torna o primeiro cliente dos E-Jets E2 no mercado da Índia e receberá o E190-E2 em 2018. O E195-E2 está programado para entrar em serviço em 2019.

fly-by-wire e avanços em outros sistemas que resultarão em melhorias de dois dígitos no consumo de combustível, custos de manutenção, emissões e ruído externo em comparação à atual geração de E-Jets.

COMMENTS