Embraer fecha com Air Costa pedido firme de 50 E-Jets E2s

Companhia aérea indiana receberá unidades a partir de 2018; aquisição tem um valor estimado de $2,94 bilhões

Azul recebe dois novos aviões
TAM e LAN recebem Airbus A320 equipados com sharklets
Embraer investe em projetos de inovação nos EUA

embraer-ejet-homeA fabricante de aeronaves Embraer assinou um acordo com a indiana Air Costa, para um pedido firme de 50 E-Jets E2s, com direitos de compra para aquisição de outras 50 aeronaves.

A aquisição é uma combinação de 25 E190-E2 e 25 E195-E2 e tem um valor estimado de $2,94 bilhões, com base nos preços de lista de 2014. Os direitos de compra são para outros 25 E190-E2 e 25 E195-E2, elevando o potencial total do pedido para até 100 aeronaves, podendo atingir $5,88 bilhões, se todos forem exercidos.

Esta transação eleva o total de pedidos de E-Jets E2 para 200 firmes e 200 opções e/ou direitos de compra desde o lançamento do programa E2, em junho de 2013.

Com isso, a Air Costa se torna o primeiro cliente dos E-Jets E2 no mercado da Índia e receberá o E190-E2 em 2018. O E195-E2 está programado para entrar em serviço em 2019.

fly-by-wire e avanços em outros sistemas que resultarão em melhorias de dois dígitos no consumo de combustível, custos de manutenção, emissões e ruído externo em comparação à atual geração de E-Jets.

COMMENTS