Monotrilho da Linha 15-Prata de São Paulo recebe primeira viagem teste

Linha 15-Prata será o primeiro monotrilho do Brasil e o de maior capacidade de transporte do mundo

Bombardier inaugura fábrica de trens monotrilho em Hortolândia (SP)
São Paulo inaugura trecho do primeiro monotrilho do Brasil
Bombardier apresenta maquete em tamanho real do Monotrilho Leste

monotrilho-novo-teste

O trem da cidade de São paulo que vai operar no monotrilho da Linha 15-Prata (Ipiranga-Hospital Cidade Tiradentes) fez nesta sexta-feira (10/1) sua primeira viagem teste, entre a futura estação Oratório e o pátio de manobras de trens.

A linha será o primeiro monotrilho do Brasil e o de maior capacidade de transporte do mundo. Ao todo, atenderá até 48 mil passageiros por hora e por sentido.

O primeiro trecho, entre as estações Vila Prudente e Oratório, mais o pátio Oratório, com 2,9 quilômetros de extensão, será entregue ao público, em visita controlada, em março. Dois trens já foram entregues e estão passando por testes dinâmicos, para aferição dos equipamentos e das condições técnicas de aceleração e frenagem.

“Este é o primeiro trem da sequência de 58 trens que nós teremos aqui nessa linha, que vai ser entregue no final de março, está confirmada a data. Nós teremos quatro trens operando. O segundo trem já está lá, o terceiro trem está chegando agora no final de janeiro e o quarto trem chega no final de fevereiro”, apontou o secretário de Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes.

A Linha 15-Prata ligará o Ipiranga, com integração na Linha 10 da CPTM, até Cidade Tiradentes, no extremo da zona leste de São Paulo. O tempo de viagem entre as estações será reduzido de 2 horas para 50 minutos. Serão 26,6 quilômetros de extensão, 18 estações e dois pátios de manobras de trens. Ao todo, serão investidos R$ 6,4 bilhões na implantação do monotrilho.

COMMENTS