ANTT confirma Grupo CCR como vencedora da concessão da BR-163/MS

Homologação do leilão está publicada em resolução da agência no Diário Oficial da União desta segunda-feira (13/1)

Pedágio no MS vai custar até R$ 7,90
BR-163 ganha mais 25 quilômetros de pistas duplicadas
BR-163/MS começa a ser reconstruída após chuva arrancar parte da pista

br-163-ms

A ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) aprovou o resultado do leilão de concessão para a exploração da BR-163/MS, e confirmou como vencedora da concorrência o Grupo CCR.

A homologação do leilão está publicada em resolução da agência no Diário Oficial da União desta segunda-feira (13/1). Na ocasião, a empresa apresentou o valor de Tarifa Básica de Pedágio Proposta de R$ 0,04381.

A concessão da BR-163/MS consiste em um trecho de 847,2 quilômetros de extensão, entre a divisa com o Estado de Mato Grosso e a divisa com o Paraná. No total, os investimentos estimados durante os 30 anos de contrato alcançam R$ 5,7 bilhões. Nos cinco primeiros anos de contrato, o vencedor deverá desembolsar R$ 2,05 bilhões com a duplicação de 806,3 quilômetros de rodovia.

A vencedora da licitação também deverá realizar nos primeiros cinco anos de contrato obras de recuperação do pavimento e acostamento, adequação da sinalização, recuperação emergencial de pontes, viadutos e drenagem, implantação dos SAU (Serviços de Apoio ao Usuário) e tratamento da faixa de domínio, entre outras ações.

Também estão previstas obras de manutenção e conservação da rodovia em todo o trecho concedido, além da implantação das terceiras faixas em pista duplicada quando o volume de tráfego exigir.

COMMENTS