Nova rota entre Amazonas e países orientais traz acréscimo de 9% em importações

Operação tem como objetivo atender demanda do comércio e das empresas instaladas no Polo Industrial de Manaus

Terminais alfandegados do Porto de Suape (PE) já podem operar com cargas de cabotagem
Movimentação no setor portuário brasileiro chega a 479 milhões de toneladas no 1º semestre de 2015
Produtividade do corredor de exportação do porto de Paranaguá (PR) cresce 28%

chibatao-movimentacao-portoO navio Bux Harmony atracou na tarde desta terça-feira (3/11), no Terminal Portuário Chibatão (AM). Vindo da Ásia com aproximadamente mil contêineres de insumos e produtos manufaturados, a unidade atenderá a demanda do comércio e das empresas instaladas no Polo Industrial de Manaus.

A embarcação com capacidade para 2,7 mil TEUs e 215 metros de comprimento faz parte da frota do armador CMA-CGM, onde integra o recém implantado sistema Brasex, que vai elevar em 9% a movimentação de cargas e produtos na rota entre Amazonas/Oriente em 2013.

Com a implantação do novo serviço (que também inclui portos na Costa Leste da América do Sul, Caribe e América Central), a periodicidade de navios da armadora que operam em Manaus passa a ser semanal.

“Isso significa que a economia, especialmente a do Amazonas, está aquecida, não apenas pelas festas de final de ano, mas pelas boas perspectivas para 2014, com acréscimo na produção em diversos setores do PIM”, avalia o gestor do Porto Chibatão, Jhony Fidelis.

Além disso, a gestão do porto prossegue com o programa de contratar mão de obra especializada e de renovação tecnológica os equipamentos. “Estamos aprimorando os processos administrativos e operacionais para atender com mais eficiência os armadores e também a economia do Estado e da região”, acrescentou.

COMMENTS