Governo do PR anuncia investimentos de R$ 120 milhões em estradas municipais

Serviços de aprimoramento, com ênfase nas áreas rurais e afastadas da cidade, devem ser realizados até o final de 2014

DER proíbe circulação de veículos de carga na Pedro Taques, mas sinalização ainda não foi instalada
DER instalará na SP-098 aparelhos para medir tempo de viagem dos motoristas
Governo do PR cria novo mapa rodoviário com imagens de satélite

pr-364-obras

O Governo do Paraná investirá, até o final do ano que vem, R$ 120 milhões nos programas de apoio aos municípios Caminhos das Pedras, Pontes do Desenvolvimento e Patrulhas do Campo. Esses programas contemplam todos os 399 municípios do Estado, aprimorando a infraestrutura do transporte rodoviário em zonas rurais e afastadas da cidade.

No programa Caminho das Pedras 629 quilômetros de estradas rurais vão receber pavimentação com pedras irregulares até o final de 2014. Atualmente, o DER-PR (Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná) trabalha em 560 quilômetros. O investimento chega a R$ 86,6 milhões e abrange 135 municípios.

Por meio do programa Pontes do Desenvolvimento, o DER-PR fornece vigas, lajotas e guarda-rodas às prefeituras dos municípios, para que as pontes possam ser construídas ou restauradas. As prefeituras são as responsáveis pelas obras e contratação de funcionários. Até o final de 2014 o DER-PR investirá cerca de R$ 4 milhões em pontes. Até o momento já foram entregues 140 pontes e mais 14 vão ficar prontas até o final do ano que vem. Ao todo 115 municípios estão sendo beneficiados com esse programa.

Por meio do programa Patrulhas do Campo, foram aprimorados 1.200 quilômetros de estradas rurais paranaenses. As patrulhas já executaram serviços em 66 estradas, em nove meses de serviço. Até o final de 2014, cerca de 197 municípios vão ser beneficiados com essas obras.

Já estão em execução 30 patrulhas e outras 30 patrulhas vão ser disponibilizadas nos próximos meses. Ao todo são 370 máquinas disponíveis para atender os 26 consórcios. A Codapar é a responsável pelo programa, as prefeituras entram com os funcionários e indicam os melhores locais que devem receber as obras e a Secretaria estadual de Infraestrutura entra com o investimento.

Cada Patrulha do Campo é composta por escavadeira, trator de esteira, motoniveladora, pá-carregadeira, rolo compactador, caminhão-comboio, carreta para as máquinas e cinco caminhões basculantes.

Com informações da Agência Paraná de Notícias

COMMENTS