Cinco estados receberão R$ 19 bilhões para obras de mobilidade urbana

Verba faz parte do Pacto Nacional pela Mobilidade Urbana, anunciado pela presidente Dilma Rousseff no mês de junho

Soninha Francine: o caminhão não é o culpado pelo congestionamento
Levy Fidelix, além do Aerotrem
Impostômetro registra marca de R$ 1 trilhão

desafio-sp-mobilidade-urban

O governo selecionou os locais que irá injetar R$ 19 bilhões dos R$ 50 bilhões destinados ao Pacto Nacional pela Mobilidade Urbana, anunciado pela presidente Dilma Rousseff em junho. Com isso, Rio de Janeiro, Salvador, Curitiba, Fortaleza, São Paulo e a região metropolitana do ABC paulista são alguns dos municípios que vão receber dinheiro do governo federal para obras de mobilidade urbana.

O objetivo do pacto é favorecer projetos e obras de transporte público que melhorem o deslocamento das pessoas nas cidades. A iniciativa foi uma resposta da presidente à onda de manifestações ocorridas em junho em todo o Brasil, que tiveram origem nas reivindicações pela redução do preço das tarifas de ônibus.

Apesar do anúncio, a liberação dos recursos ainda deve demorar. “Em princípio, eles não foram liberados – eles foram anunciados. [Os recursos] estão reservados, comprometidos. Agora tem todo um processo para a liberação desses recursos para os estados, como a apresentação dos projetos detalhados”, disse diretor de Cidadania e Inclusão Social do Ministério das Cidades, Marco Antônio Motta.

De acordo com Mota, muitos municípios já têm os projetos, mas precisam apresenta-los ao ministério, que então vai liberar de acordo com a apresentação dos estudos ambientais e de avaliação econômica.

Com informações da Agência Câmara de Notícias

COMMENTS