Antaq autoriza construção do Porto Sul, em Ilhéus (BA)

Empreeendimento receberá investimentos de R$ 3,3 bilhões; principal objetivo do projeto é desafogar os portos das regiões Sul e Sudeste

Movimentação nos portos brasileiros cresce 5% no 2º trimestre de 2014
Antaq multa Santos Brasil por cobranças indevidas
Portos e terminais brasileiros movimentam 231 milhões de toneladas no 2º trimestre

ilheus-porto-construcao

A Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários) autorizou recentemente a construção do Porto Sul, em Ilhéus (BA). O empreeendimento, que receberá investimentos de R$ 3,3 bilhões, faz parte do plano logístico de escoamento da produção do País, com o objetivo de desafogar os portos das regiões Sul e Sudeste.

O projeto contará com um terminal de uso privativo, de minério de ferro, (TUP Bamin), e mais outra unidade que será constituída por SPE (Sociedade de Propósito Especifico), no qual o governo da Bahia será sócio com outras empresas privadas por meio de um processo de chamamento e seleção pública (TUP Porto Sul). O TUP Bamin será construído pela empresa Bahia Mineração, que explora minério de ferro em Caetité.

O projeto terá uma ponte de acesso de uso compartilhado entre os dois terminais do empreendimento Porto Sul que ligará a costa aos píeres de carregamento localizados em área abrigada por quebra-mar.

Segundo a Secretaria Especial de Portos, o Terminal Porto Sul prevê um fluxo de carga de 75 milhões de toneladas por ano com a movimentação de granel sólido e carga geral. Os terminais poderão receber navios de até 260 metros de comprimento e calado até 18,3 metros.

Dos R$ 3,3 bilhões investidos, R$ 2,4 bilhões no TUP Porto Sul e R$ 900 milhões no TUP Bamin. A previsão de construção dos terminais marítimos é cinco anos.

COMMENTS