Xiamen Airlines adquire centésimo avião da Boeing

Companhia aérea chinesa conta com frota composta somente por aeronaves da marca norte-americana

Após fusão, Azul e Trip anunciam mudanças no comando das operações
Grupo Panalpina apresenta resultados positivos em 2011
Embraer e Republic Airways firmam contrato para 50 E175

boeing-xiamen-airilines

A fabricante de aeronaves Boeing entregou um novo avião 737-800 a Xiamen Airlines, a qual é membro da SkyTeam. Esta é a centésima unidade da frota da companhia composta somente de modelos da Boeing.

É a única frota da China somente de aviões da Boeing e uma das mais jovens do mundo, com idade média de 5,08 anos. A empresa de transporte aéreo começou a funcionar em 1985 com dois aviões da Boeing 737-200, servindo a três cidades.

“Ter uma frota somente de aviões da Boeing é um componente-chave da nossa estratégia de crescimento e capacidade de alcançar 27 anos consecutivos de rentabilidade”, disse Che Shanglun, presidente e presidente do conselho diretor da Xiamen Airlines.

Para os próximos dois anos, a Xiamen Airlines planeja acrescentar mais 30 B737-800 e mais seis B787, ampliando sua frota para 136 aviões a fim de expandir-se globalmente, formando gradualmente uma rede de rotas que se estenda por toda a região Ásia-Pacífico e se conecte com a Europa e os EUA.

A Xiamen Airlines espera continuar a aumentar a sua frota de aviões da Boeing frota além de 2016. A companhia aérea acaba de assinar cartas de solicitação para comprar 70 B737NG e B737MAX. Até 2020, a frota vai crescer para mais de 200 aviões.

“A Xiamen Airlines é um cliente valioso da Boeing Company e estamos muito satisfeitos em assistir ao seu notável crescimento nos últimos 29 anos”, disse Ihssane Mounir, vice-presidente sênior de vendas para o nordeste da Ásia da Boeing Commercial Airplanes.

A Boeing projeta investimentos de quase $800 bilhões na China para a compra de 5.580 novas aeronaves comerciais durante os próximos 20 anos. Isto representaria 16% da demanda global e reflete uma exigência média de cerca de 200 aeronaves com corredor único e mais de 60 aeronaves grandes a cada ano.

COMMENTS