Produção de petróleo da Petrobras cresce 3,7% em setembro

No período, companhia obteve produção média de 1 milhão 979 mil barris diários

Encontro em SP discute desafios e estratégias da infraestrutura brasileira
Grupo Randon leva todas suas divisões à Fenatran 2011
Hamburg Süd tem novos vice-presidentes no Conselho Executivo

petrobras-lucro-1-trim

A produção de petróleo de todos os campos da Petrobras no Brasil atingiu a média de 1 milhão 979 mil barris por dia (bpd) no mês de setembro. O volume acumulado é 3,7% maior que a média produzida em agosto, quando foi consolidado 1 milhão 908 mil barris diários.

Incluída a parcela operada pela Petrobras com empresas parceiras, o volume total produzido em setembro foi de 2 milhões 44 mil bpd, 3,7% acima da produção de agosto.

Grande parcela desse resultado deve-se à entrada em operação de novos poços nas plataformas FPSO Cidade de Itajaí (Bacia de Santos), P-53 e P-54 (Bacia de Campos) e FPSO Piranema (Bacia de Sergipe).

Seguindo o cronograma, no mês de setembro houve a conclusão das paradas programadas para manutenção das plataformas P-26 e P-35, ambas no ativo de Marlim e as atividades programadas para a parada da plataforma P-51, no ativo de Marlim Sul e a UPGN2 no ativo de Urucu, na UO-AM.

O destaque do mês foi o recorde mensal produzido nas áreas do pré-sal, que chegou a 326,8 mil barris/dia. No dia 2/9 foi batido, também, o recorde diário na produção do pré-sal, com 337,3 mil barris/dia. Esses volumes referem-se à produção total operada pela Petrobras nessas áreas, incluída a parte dos seus parceiros.

A produção total da Petrobras no Brasil, em setembro, incluídos petróleo e gás natural, atingiu a média de 2 milhões 368 mil barris de óleo equivalente por dia (boe/d), volume 3,2% acima do produzido em agosto.

COMMENTS