NetFrete é o novo portal de serviços para o setor de transportes

Sistema disponibiliza quatro aplicativos que acelerama consulta e impressão de documentos obrigatórios para acompanhar as cargas em trânsito

Detran do Paraná vai renovar CNH a distância
Volvo lança site de vendas de caminhões seminovos
Braspress disponibiliza atendimento via chat para clientes

netfrete-site

A cadeia produtiva do transporte passa a contar com o NetFrete, um portal de serviços e soluções que tem como proposta reunir e facilitar o acesso a um sistema de informações do transporte de cargas.

Disponível por meio do endereço www.netfrete.com.br, o sistema pode ser utilizado por empresários envolvidos com a atividade, transportadores autônomos, cooperativas e empresas embarcadoras de cargas. Em sua fase inicial, o portal oferece um conjunto de aplicativos que possibilitam a emissão e a consulta de documentos obrigatórios para acompanhar as mercadorias em trânsito.

O primeiro deles, batizado de Ciot Fácil, facilita o processo de emissão do Código Identificador da Operação de Transporte, exigido pela ANTT (Agência Nacional de Transporte Terrestres) desde 19/4/2011, para todas as empresas contratantes de serviços de transportes. O Ciot Fácil possibilita o cadastro da transportadora junto a uma administradora de meios de pagamento eletrônico de frete, habilitada pela ANTT. A ferramenta dispensa a digitação manual do formulário de emissão do Ciot, exigido pela agência reguladora.

O NetFrete conta também com o CT-e Fácil, um aplicativo que possibilita a emissão do Conhecimento Eletrônico do Transporte (CT-e). O documento legal passou ser obrigatório desde o dia 1º de agosto para as empresas de transportes cadastradas em regime de apuração normal, junto à Receita Federal. E, a partir de 1º de dezembro próximo, será estendido para todos os contribuintes do modal rodoviário, optantes pelo regime do Simples Nacional ou que atuam como operadores no sistema Multimodal de Cargas. Com isso, o transportador pode acessar diretamente o portal do SEFAZ, permitindo a guarda, emissão e impressão do documento, em um piscar de olhos.

Outro documento obrigatório para acompanhar as mercadorias em trânsito – o DANFE (Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica) – também pode ser acessado por meio do NetFrete, diretamente no portal do SEFAZ. O sistema oferece o DANFE Fácil, um aplicativo que recupera o XML DA Nota Fiscal Eletrônica, com auxílio de um leitor de código de barras plugado no computador.

Por último, o MDF-e Fácil permite emitir o Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais (MDF-e), um documento auxiliar criado com a finalidade de agilizar o registro e liberação de mercadorias acobertadas por documentos fiscais eletrônicos nos Postos Fiscais do País.

COMMENTS