Governo de SP assina acordo com a Codesp para aprimorar mobilidade na entrada de Santos

Um conjunto de intervenções será analisado e projetado com o objetivo de eliminar gargalos, garantir fluidez ao tráfego da região e melhorar o acesso ao Porto de Santos

CODESP determina regras para tráfego de caminhões no Porto de Santos
Codesp projeta 2014 com novo recorde de movimentação no Porto de Santos (SP)
Entra em vigor plano para evitar fila de caminhões no Sistema Anchieta/Imigrantes

viaduto-santos

O Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria Estadual de Logística e Transportes, firmou, no dia 3/10, um convênio com a Codesp (Companhia Docas do Estado de São Paulo), que tem como objetivo realizar estudos de alternativas viárias e de projetos de engenharia para obras de melhoria nos acessos rodoviários à cidade de Santos e ao porto.

O valor do convênio é de R$ 15 milhões, sendo que R$ 7,5 serão repassados por São Paulo e R$ 7,5 milhões, pela União.
O acordo prevê que um conjunto de intervenções seja analisado e projetado com o objetivo de eliminar gargalos, garantir fluidez ao tráfego da região e melhorar o acesso ao Porto de Santos, que responde atualmente por mais de um quarto da movimentação da balança comercial brasileira

Entre as soluções contempladas no convênio estão: a interligação em desnível da Avenida Nossa Senhora de Fátima à Via Anchieta; criação de um novo sistema viário de acesso aos bairros da Zona Noroeste da cidade de Santos; interligação da Via Anchieta Sul à Avenida Martins Fontes; criação de um sistema binário de circulação viária utilizando a Marginal Sul da Via Anchieta e a Avenida Bandeirantes; novo acesso da Via Anchieta à Zona Portuária e ao bairro da Alemoa Industrial; interligação da Marginal da Via Anchieta Sul com Avenida Bandeirantes e o retroporto no bairro Chico de Paula; interligação da Via Anchieta à Avenida Perimetral da Margem Direita do Porto de Santos.

COMMENTS