Ceva fecha parceria com a Tower para lançar solução de transporte refrigerado

Transportador modular de pallets KryoTrans KTM é uma solução para envio de produtos farmacêuticos sensíveis à temperatura

Ceva encerra 3º trimestre de 2013 com US$ 2,2 milhões de receita
GM concede à CEVA Logistics certificado de mérito logístico no Brasil
CEVA ganha o Prêmio INFRAERO de eficiência logística

ceva

A Ceva Logistics e a Tower Cold Chain Solutions lançaram em conjunto o transportador modular de pallets KryoTrans KTM (KryoTrans Modular). O produto é uma solução para envio de produtos farmacêuticos sensíveis à temperatura.

As duas empresas trabalharam em conjunto para desenvolver a solução KTM específica para o mercado farmacêutico. A escolha do sistema correto de embalagem exige conhecimento da logística de transporte e do ambiente no qual a remessa será exposta durante trânsito, além da capacidade de manusear e controlar os recipientes para mantê-lo refrigerado.

O contêiner pode ser usado em temperatura de -20, 2-8 e de 15 a 25 graus centígrados, utilizando materiais que regulam a temperatura por mudança de fase, e em temperaturas de -20 a -60 graus centígrados utilizando gelo seco. As unidades têm capacidade de manter a temperatura até seis.

A construção modular dos KTMs permite que sejam produzidos em 12 tamanhos diferentes, aceitando cargas paletizadas que variam da metade da altura de um pallet europeu até os pallets norte-americanos de altura dupla e comprimento duplo.

O KTM é equipado com o registrador de dados KryoLogger, que proporciona um monitoramento completo da temperatura interna, além de rastrear a temperatura externa; e também contém um sensor de proximidade que registra as ocasiões em que a porta é aberta.

“As vacinas contra a gripe são apenas um dos muitos produtos farmacêuticos que devem ser mantidos a uma temperatura precisa para conservar sua eficácia; a necessidade de substituição de apenas uma caixa desses produtos críticos implica um alto custo.

A parceria entre a Ceva e a Tower facilita a implantação de uma logística bem planejada e segura da cadeia de transporte de produtos mantidos a frio, atendendo as mais altas exigências de qualidade. Isso permite que nossos clientes levem produtos a pacientes em todo o mundo por intermédio da Ceva que dispõe de infraestrutura global para produtos de saúde”, disse Leigh Pomlett, presidente da Ceva, na Europa.

COMMENTS