Scuderia Iveco sagra-se campeã sul-americana de Fórmula Truck

Scuderia Iveco sagra-se campeã sul-americana de Fórmula Truck

Beto Monteiro venceu corrida em Córdoba, na Argentina; evento contou com um público de aproximadamente 53.000 pessoas no Autódromo Oscar Cabalén

Iveco inaugura sua maior concessionária na América Latina em Betim (MG)
“Mercedes Day” promove ofertas surpresa para caminhões Euro 5 no próximo sábado
Iveco desenvolve simulador de caminhão

iveco-formula-truck

Beto Monteiro, da scuderia Iveco, é o campeão sul-americano de Fórmula Truck, após conquistar neste domingo (8/9) sua vitória no Autódromo Oscar Cabalén, em Córdoba, na Argentina.

A bordo de um Iveco Hi-Way e largando na segunda colocação, Beto esteve nesta posição até os 10 minutos finais, quando conseguiu ultrapassar e manteve a liderança até o final. Além de ter sido o piloto vitorioso, Monteiro levou a Iveco ao título de Marcas do Sul-Americano, que fechou o torneio continental com 131 pontos.

“Foi uma vitória abençoada. Toda a nossa equipe merecia isso. Agora, vamos em busca do título nacional”, diz Beto, piloto número 88.

A corrida

Com aproximadamente 53.000 pessoas no Autódromo Oscar Cabalén, a etapa final do Sul-Americano começou com Roberval Andrade, terceiro no grid, superando Beto Monteiro e assumindo o segundo lugar na primeira volta, enquanto o pole-position, Paulo Salustiano, tratava de se manter à frente. A reação de Andrade foi interrompida logo em seguida, com a pane elétrica que fez o motor de seu caminhão parar de funcionar.

Caindo para a 12ª posição, Andrade conseguiu reativar o Scania e d eu início à sua corrida de recuperação, que foi marcada por um toque durante a disputa pelo quinto lugar com Valmir “Hisgué” Benavides. Foi quando o Volvo de João Maistro teve um vazamento de óleo, o que fez Benavides rodar na pista. Maistro foi chamado aos boxes pela direção de prova.

No pelotão intermediário, Luiz Lopes teve um toque com Pedro Muffato, que acabou saindo da pista e batendo no muro, abandonando a corrida. Já no primeiro pelotão, Salustiano teve problemas em seu caminhão e sequer completou a primeira volta do reinício da disputa pela vitória.

Na 16ª volta, Andrade assumiu a liderança. Um pouco mais atrás, Giaffone e Totti, companheiros de equipe na RM Competições, travavam disputa pela terceira posição. Também piloto da equipe, Adalberto Jardim teve um princípio de incêndio em seu caminhão e rodou, provocando intervenção do Pace Truck.

Após a relargada, Andrade acabou saindo da pista na 24ª volta e perdeu a liderança para Monteiro. A três voltas do fim da corrida, conseguiu uma nova ultrapassagem sobre o pernambucano, mas acabou excedendo o limite de 160 km/h no ponto da pista onde há o radar – como a corrida estava nos instantes finais, não cumpriu o drive-thru e, como punição, teve 20 segundos acrescidos a seu tempo total de prova, o que o deixou em terceiro no resultado oficial.

A essa altura, Monteiro resistia à pressão de Giaffone. Os dois acabaram se tocando na última volta da prova, que marcou a décima vitória do pernambucano da Scuderia Iveco na Fórmula Truck. A RM, equipe de Giaffone, teve quatro pilotos entre os 10 primeiros colocados.

A próxima corrida da temporada da Fórmula Truck, válida pela oitava e antepenúltima etapa do Campeonato Brasileiro, será disputada no Autódromo Nelson Luiz Barro, em Guaporé (RS), no dia 13/10.

O resultado final da etapa decisiva do Sul-Americano foi o seguinte:

1º) Beto Monteiro (PE/Iveco), Scuderia Iveco, 1h01min36s062
2º) Felipe Giaffone (SP/MAN), RM Competições-MAN Latin America, a 1s772
3º) Roberval Andrade (SP/Scania), Ticket Car Corinthians Motorsport, a 16s304
4º) Leandro Reis (GO/Scania), Origi nal Reis Competições, a 16s547
5º) Leandro Totti (PR/MAN), RM Competições-MAN Latin America, a 19s395
6º) André Marques (SPMAN), RM Competições-MAN Latin America, a 19s852
7º) Jansen Bueno (PR/Volvo), DB Motorsport, a 20s450
8º) Geraldo Piquet (DF/Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz, a 22s076
9º) Luiz Lopes (SP/Iveco), Lucar Motorsports, a 31s102
10º) Débor a Rodrigues (SP/MAN), RM Competições-MAN Latin America, a 45s725
11º) Valmir Benavides (SP/Iveco), Scuderia Iveco, a 1min17s759
12º) Raijan Mascarello (MT/Ford), 72 Sports/Ford Racing Trucks, a 1min28s482
13º) Alberto Cattucci (SP/Volvo), ABF/Volvo, a 1 volta
14º) José Maria Reis (GO/Scania), Original Reis Competições, a 2 voltas
15º) Rogério Castro (GP/Volvo), ABF/Volvo, a 6 voltas
16º) Régis Boessio (RS/Mercedes-Benz), ABF Desenvolvimento Team, a 6 voltas
17º) Wellington Cirino (PR/Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz, a 7 voltas
18º) Adalberto Jardim (SP/MAN), RM Competições-MAN Latin America, a 8 voltas
19º) Diogo Pachenki (PR/Mercedes-Benz), ABF Racing Team, a 8 voltas

Não completaram:

Edu Piano (SP/Ford), Território Motorsport, a 9 voltas
Djalma Fogaça (SP/Ford), 72 Sports/Ford Racing Trucks, a 12 voltas
Paulo Salustiano (SP/Mercedes-Benz), ABF Racing Team, a 14 voltas
Pedro Muffato (PR/Scania), Muffatão, a 18 voltas
João Marcos Maistro (PR/Volvo), Clay Truck Racing, a 19 voltas
Alex Caffi (ITA/Iveco), Dakarmotors, a 24 voltas
Ronaldo Kastropil (SP/Scania), Ticket Car Corinthians Motorsport, a 24 voltas

COMMENTS