Ministério firma acordo com Centro de Treinamento do Porto de Antuérpia

Objetivo da parceria com unidade portuária da Bélgica é capacitar colaboradores brasileiros, incluindo funcionários de escritório e trabalhadores portuários avulsos

LOG Fashion firma parceria com empresa de consultoria de supply chain
Bombardier fornecerá 256 trens para sistema ferroviário da Inglaterra
Rolls-Royce vai equipar navio norueguês com sistema avançado de manuseio de âncoras

antuerpia

O Ministro dos Portos, Leônidas Cristino, assinou, na última quarta-feira (11/9), na embaixada da Bélgica, um documento que firma o Acordo de Cooperação Técnica entre a Secretaria de Portos e o APEC (Centro de Treinamento do Porto de Antuérpia). O objetivo da parceria é capacitar os trabalhadores portuários brasileiros, incluindo funcionários de escritório e trabalhadores portuários avulsos, com cursos nas áreas de gestão, infraestrutura e obras portuárias, além do uso e manuseio de equipamentos portuários.

Os candidatos selecionados poderão participar dos seminários padrão e daqueles especialmente elaborados na cidade de Antuérpia (Bélgica) e/ou no Brasil.

Em uma primeira fase, o treinamento será destinado aos funcionários portuários de escritório dos órgãos públicos envolvidos com o setor portuário (SEP, Antaq, Docas e demais órgãos intervenientes), além das empresas privadas arrendatários dos terminais portuários brasileiros.

Esse treinamento será feito por professores Belgas da APEC que virão ao Brasil para disseminar as melhores práticas do setor portuário mundial. O treinamento destinado aos funcionários de escritório será organizado por intermédio de seminários de curto prazo, com previsão de cinco dias úteis, com início previsto para as 9h até, aproximadamente, 17h. Os cursos serão conduzidos em inglês.

Já na segunda fase do programa haverá o treinamento de professores brasileiros, a serem escolhidos pela Secretaria de Portos, nas instalações do APEC, em Antuérpia. Os profissionais selecionados treinarão os trabalhadores portuários avulsos, principalmente com o uso de simuladores para movimentação de contêineres (transtêineres e portêineres).

Com informações da Secretaria de Portos

COMMENTS