Impostômetro marcará R$ 1,1 trilhão nesta terça-feira (24/9)

No ano passado, valor foi alcançado dia 7/10, o que significa que houve aumento na carga tributária

Imposto pago no ano renderia R$ 233 por habitante se aplicado na poupança
Arrecadação de impostos chega a R$ 700 bilhões e bate novo recorde
Brasileiro já pagou mais de R$ 1,2 trilhão em impostos em 2012

impostometro-1-trilhao

O Impostômetro localizado na Associação Comercial de São Paulo vai atingir R$ 1,1 trilhão nesta terça-feira (24/9), por volta das 20h. Em 2012, a marca de R$ 1,1 trilhão foi alcançada no dia 7/10, o que revela aumento da carga tributária.

O número representa o montante pago em tributos por todos os brasileiros para União, Estados e municípios. A projeção é que até o final de 2013 o Impostômetro marque R$ 1,7 trilhão.

“O Brasil apresenta a maior carga tributária entre os países considerados emergentes, e supera inclusive a de algumas nações altamente desenvolvidas como Estados Unidos e Japão. E não temos o retorno de todo esse dinheiro”, comenta o presidente da ACSP e da Facesp (Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo), Rogério Amato.

O Impostômetro foi criado em 2005 para mostrar, em tempo real, o quanto os brasileiros pagam em impostos. O painel está localizado na Rua Boa Vista, centro da capital paulista. Outras cidades, como Curitiba (PR) e Recife (PE), também aderiram e instalaram o seu Impostômetro em áreas de grande circulação.

COMMENTS