UPS divulga relatório sobre redução de emissão de gases de efeito estufa

Empresa estipula como meta percorrer 1,6 bilhão de quilômetros com combustível alternativo até 2017

Boeing realiza primeiro voo-teste utilizando “diesel verde”
Boeing entrega 500 aeronaves 737 com o Sky Interior
GOL registra lucro operacional de R$37 milhões no 3º trimestre do ano

ups-767-avioes

A companhia transportadora de encomendas expressas UPS divulgou recentemente seu Relatório Anual de Sustentabilidade que anuncia redução no total das emissões de gases de efeito estufa mesmo com o aumento da movimentação de pacotes em 2012.

Os resultados apontados no documento incluem redução no consumo de combustível tanto no transporte aéreo como no terrestre, aumento dos investimentos em veículos movidos a combustível alternativo e readaptação de rotas, o que resulta na redução de 19,6 milhões de quilômetros de entregas no modal rodoviário.

“A UPS estabeleceu uma nova meta para o uso de combustível alternativo. Até 2017, a companhia alcançará a marca de 1,6 bilhão de quilômetros percorridos com combustível alternativo e veículos com tecnologia avançada – mais que o dobro da meta anterior de 400 milhões de quilômetros rodados”, disse David Abney, diretor de Operações da UPS.

Em 2012, a redução do uso de combustível e da produção de carbono foi bastante significativa para a UPS Airlines, responsável por 57% da pegada de carbono da UPS. O volume de remessas aéreas subiram 4,8% ano a ano, enquanto o consumo de combustível diminuiu em 1,3%.

Um dos pilares da estratégia ambiental da UPS é apoiar o uso e o desenvolvimento de combustíveis alternativos com baixa emissão de carbono. Os veículos representam aproximadamente 35% da pegada de carbono da companhia.

A UPS está acelerando testes, compra e implantação de nova frota de veículos. Entre os anos de 2000 e 2012, a frota de veículos com tecnologia avançada que consome combustível alternativo registrou 472 milhões de quilômetros percorridos com uma nova meta de 1,6 bilhão de quilômetros até 2017. Em 2012, esta frota crescente percorreu 78,4 milhões de quilômetros, 43% a mais do que em 2011.

No início de 2013, a UPS anunciou os planos de adicionar aproximadamente 1.000 caminhões movidos a GNV (gás natural) nos próximos dois anos, expandindo a frota atual de 2.700 veículos com tecnologia avançada. A frota atual é composta por veículos elétricos, elétrico-híbridos, hidráulico-híbrido, movidos por gás natural, propano, biometano e com o peso reduzido para diminuir o consumo de combustível.

COMMENTS