Rodoanel de SP será concluído em 2016, afirma Dersa

Rodoanel de SP será concluído em 2016, afirma Dersa

De acordo com a empresa, obra iniciada há 14 anos suprirá a demanda de veículos até meados de 2030

Anel Viário de Cubatão (SP) é aberto para tráfego
Anel Rodoviário de Minas terá faixa exclusiva para caminhões
Trecho Leste do Rodoanel (SP) deverá ser concluído em fevereiro de 2015

rodoanel-sul-junho-11

Segundo a Dersa – Desenvolvimento Rodoviário, Rodoanel Mário Covas (SP-21) deverá ser concluído em março de 2016. Obra que começou a ser construída há 14 anos terá capacidade para suprir a demanda de veículos até meados de 2030.

Quando estiver totalmente concluído, o anel viário terá 176 km de extensão e vai interligar as principais rodovias do estado. Até o momento, somente os trecho o Oeste e Sul foram entregues.

Quando o projeto foi idealizado, um dos principais objetivos era permitir um transporte de cargas mais rápido entre o interior de São Paulo produtor e o litoral do Estado, onde a mercadoria é embarcada, tirando, assim, os caminhões de dentro da capital e, consequentemente, melhorando o trânsito.

“Existe hoje uma oferta que precisa ser suprida pela demanda e existe também uma questão de ganho de eficiência que o sistema de transporte precisa ter no estado de São Paulo. Hoje o Rodoanel não funciona como um anel, ele tem um formato em ‘L’ e a asa Leste dele é suprida pela Avenida Jacu Pêssego. Então, ele funciona como uma ferradura. Isso faz com que os caminhões que vêm para São Paulo pela Rodovia dos Bandeirantes, pela Castello Branco, com destino à Fernão Dias e Dutra, por conta das restrições impostas na Marginal Tietê, têm o mesmo sentido de tráfego que os caminhões que seguem sentido Porto de Santos. Ou seja: quem vai para a região noroeste, norte ou leste do estado, com o mesmo cruzamento da região sul”, comenta o presidente de Desenvolvimento da Dersa, Laurence Casagrande.

Trecho Leste em obras

No mês de julho, a concessionária SPMar afirmou que o trecho Leste do Rodoanel Mário Covas (SP-21) já estava com 48% das obras concluídas. Previsto para ser entregue em março do próximo ano, o trajeto conta com 5,5 mil homens atuando em 56 frentes de trabalho para a conclusão da rodovia.

Ao todo, o corredor terá 43,5 quilômetros de extensão. O custo total está orçado em R$ 1,9 bilhão. No final de maio, 5,2 mil pessoas trabalhavam em 51 frentes de serviço.

Com informações do G1

COMMENTS