Força Aérea dos EUA expande comunicações táticas com satélite Boeing

Unidade Wideband Global SATCOM servirá Departamento de Defesa Americano e parceiros internacionais, como a Força de Defesa Australiana

ILFC fecha com a Embraer pedido de 50 aviões E-Jet
CNJ desmonta mais três aviões-sucata da Varig no RJ
Azul inaugura vôo com A320neo em Boa Vista (RO)

satelite-boeing-lancamento

Com o lançamento do sexto satélite WGS (Wideband Global SATCOM), a empresa Boeing e a Força Aérea dos Estados Unidos seguem expandindo a rede de comunicação WGS, que serve o Departamento de Defesa Americano e seus parceiros internacionais, entre eles, a Força de Defesa Australiana.

“A demanda por comunicações via satélite de banda larga continua crescendo”, comenta Craig Cooning, vice-presidente e diretor geral da Boeing Space & Intelligence Systems. “O WGS-6 e o veículo espacial WGS, ainda a ser lançado, ajudarão a atender essa demanda”, diz.

A bordo de um foguete Delta 4 da United Launch Alliance, o WGS-6 foi lançado da Estação da Força Aérea de Cabo Canaveral, na Flórida, costa leste dos Estados Unidos. Em menos de uma hora depois, os controladores confirmaram que o satélite já estava em operação.

Este é o segundo WGS lançado este ano. O primeiro foi o WGS-5, realizado em maio. Os satélites WGS oferecem comunicações nas bandas X e Ka, utilizando feixes pontuais moldáveis e direcionáveis com base nas necessidades do usuário.

COMMENTS