Correios inauguram primeiro Centro de Digitalização e Produção de Objetos Postais

Unidade localizada em Brasília (DF) que atende as regiões Norte e Centro-Oeste do Brasil é capaz de digitalizar e produzir em meio físico 4,5 milhões de correspondências por mês

Socicam instala monitoramento de vídeo no Terminal Rodoviário de Brasília (DF)
ANAC multa aeroporto de Brasília em R$ 10 milhões e adverte terminal em Guarulhos (SP)
Novas concessões de rodovias terão pedágios de até R$ 6,40

correios-digital-brasilia

Os Correios inauguraram no dia 13/8, em Brasília (DF), o primeiro Centro de Digitalização e Produção de Objetos Postais da empresa. A instalação, que faz parte da primeira etapa de implantação do projeto Correio Digital, opera com a captação eletrônica de dados dos clientes para geração e entrega física de objetos postais.

Segundo a estatal, este é o primeiro serviço resultante da Lei 12.490/11 e do Plano Estratégico Correios 2020, que estipulam a performance da ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos) também no nicho de serviços postais eletrônicos.

A unidade recém inaugurada atende as regiões Norte e Centro-Oeste do Brasil, sendo capaz de digitalizar e produzir em meio físico 4,5 milhões de correspondências por mês. O projeto prevê, ainda para 2013, duas outras unidades, uma em Florianópolis (SC) e outra São Paulo (SP). Já para 2014, serão implantados centros em Belém (PA), Salvador (BA) e Belo Horizonte (MG).

Segundo o presidente da ECT, Wagner Pinheiro de Oliveira, a Lei 12.490/11, que permite a diversificação das atividades da estatal, é o alicerce para os Correios do futuro.

“Nosso papel é levar comunicação com eficiência a todos os brasileiros, onde estiverem, de qualquer forma: agora, usando a tecnologia digital”, afirmou.

COMMENTS