Correios inauguram primeiro Centro de Digitalização e Produção de Objetos Postais

Unidade localizada em Brasília (DF) que atende as regiões Norte e Centro-Oeste do Brasil é capaz de digitalizar e produzir em meio físico 4,5 milhões de correspondências por mês

Aeroporto de Brasília (DF) ganha maior capacidade no sistema de pistas
Hermanos nos céus brasileiros
MIRA Transportes comemora 35 anos de mercado

correios-digital-brasilia

Os Correios inauguraram no dia 13/8, em Brasília (DF), o primeiro Centro de Digitalização e Produção de Objetos Postais da empresa. A instalação, que faz parte da primeira etapa de implantação do projeto Correio Digital, opera com a captação eletrônica de dados dos clientes para geração e entrega física de objetos postais.

Segundo a estatal, este é o primeiro serviço resultante da Lei 12.490/11 e do Plano Estratégico Correios 2020, que estipulam a performance da ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos) também no nicho de serviços postais eletrônicos.

A unidade recém inaugurada atende as regiões Norte e Centro-Oeste do Brasil, sendo capaz de digitalizar e produzir em meio físico 4,5 milhões de correspondências por mês. O projeto prevê, ainda para 2013, duas outras unidades, uma em Florianópolis (SC) e outra São Paulo (SP). Já para 2014, serão implantados centros em Belém (PA), Salvador (BA) e Belo Horizonte (MG).

Segundo o presidente da ECT, Wagner Pinheiro de Oliveira, a Lei 12.490/11, que permite a diversificação das atividades da estatal, é o alicerce para os Correios do futuro.

“Nosso papel é levar comunicação com eficiência a todos os brasileiros, onde estiverem, de qualquer forma: agora, usando a tecnologia digital”, afirmou.

COMMENTS