Transportadora Sulista adota terceirização de frota para manter competitividade

Atualmente, 22% dos veículos utilizados nas operações da companhia são terceirizados

Rodobens fecha primeiro semestre com saldo positivo no volume de negócios
Mercedes-Benz traz o Actros para o Brasil
Volvo apresenta nova linha de caminhões 2021

Transportadora-sulista-frotA Transportadora Sulista vem trabalhando em uma série de medidas para prosseguir competitiva no mercado, e um dos procedimentos que a companhia adotou foi a terceirização frotas. Atualmente, 22% dos veículos utilizados nas operações são terceirizados. São 12 empresas diferentes atuando nas linhas que permitem este tipo de contrato.

“Precisávamos ajustar nossas margens para manter nossa competitividade e a terceirização era uma das principais soluções”, comenta o gerente geral de operações da Sulista, Ronaldo Leme.

O executivo explica que o processo começou ser implementado há sete anos. “Os terceirizados são parte do nosso time e tratados em iguais condições dos motoristas da casa. Eles recebem uniforme, treinamento, reciclagem. Nossos esforços são para que o cliente nem perceba a diferença entre as equipes”, afirma. “Além dos treinamentos, passamos instruções periódicas e estamos sempre em contato com os motoristas”, completa.

De acordo com a NTC & Logística, há um déficit de caminhoneiros que chega ao patamar de 13% da frota das empresas, o que representaria uma carência de aproximadamente 100 mil motoristas.

“Além dos investimentos que fazemos nos motoristas, ainda há uma alta exigência com a qualidade dos veículos”, finaliza Lemes.

COMMENTS