Polícia paulista prende empresários com R$ 30 milhões em cargas roubadas

Polícia paulista prende empresários com R$ 30 milhões em cargas roubadas

Departamento de Investigação recuperou materiais como produtos de limpeza e alimentos; os dois detidos eram responsáveis por armazenar produtos roubados em rodovias

Pesquisa aponta que gargalo logístico aumenta frete de grãos em até R$ 2,4 bi
Ford Caminhões tem crescimento de 45,5% nas vendas em 2010
Protege recebe VW Constellation 24.280 refrigerado

roubo-cargas-empresarios-sp

Após investigações da 2ª Divecar (Delegacia de Investigações sobre Roubos de Cargas) do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais), dois empresários responsáveis por armazenar materiais obtidos por meio de roubos foram presos em flagrante nesta terça-feira (16/7) atuando em São José do Rio Pardo (SP).

A carga, estimada em R$ 30 milhões, continha produtos como azeite, óleos lubrificantes, presuntos importados, pneus e materiais de limpeza. Todo o carregamento foi levado em oito caminhões para São Paulo, na quarta-feira (17/7). As mercadorias serão devolvidas aos proprietários. No local também foi encontrada uma carreta com registro de roubo.

Segundo informações da 2ª Divecar, o ponto de armazenamento, instalado no bairro Fartura, operava como um galpão comercial de produtos furtadas, mas para despistar usavam a fachada como uma empresa de distribuição de hortifruti.

As investigações sobre essa ramificação da ‘Conexão Caipira’, que reúne quadrilhas envolvidas em roubo e receptação de mercadorias, começaram em maio.

Os produtos eram furtados nas rodovias Anhanguera e Bandeirantes, trecho que compreende a região de Campinas. Os policiais da 2ª Divecar conseguiram identificar a base logística do grupo criminoso em Rio Pardo.

Os dois empresários presos são sócios e responderão por receptação. A polícia ainda investiga a participação de outros integrantes na quadrilha.

Com informações do G1

COMMENTS