Pacer Logística inaugura Centro de Distribuição em Cajamar (SP)

Unidade com seis mil metros quadrados de área e 40 funcionários em operação atenderá a empresa de telecomunicações GVT

TGA firma parceria com MLR para armazenagem de módulos de cercas plásticas
Alta demanda faz centro de logística da Renault no Brasil crescer
Braspress inicia operações da divisão de logística

CD-cajamar-pacer

A Pacer Logística inaugurou recentemente um novo Centro de Distribuição em São Paulo. A instalação de Cajamar, que recebeu R$ 3 milhões em investimentos, atenderá a GVT, empresa de telecomunicações que utiliza os serviços logísticos da companhia no Estado.

“O novo centro fica na Rodovia Anhanguera, muito bem posicionado geograficamente, com fácil acesso à capital e a outros municípios, via Rodoanel. Com nove bases já instaladas no Estado, precisávamos de uma unidade com posicionamento estratégico, capaz de consolidar parte de nossas cargas e servir como plataforma-modelo para operações logísticas mais complexas”, explica Alexandre Caldas, fundador e presidente da Pacer.

A unidade conta com seis mil metros quadrados de área e 40 funcionários em operação, sendo que a previsão é de chegar a cem colaboradores até o final do ano. A expectativa é de que o CD movimente seis mil toneladas de carga por ano, o equivalente a 1,4 milhão de volumes.

“Estudamos profundamente as necessidades da GVT e desenvolvemos processos e uma estrutura que atendessem às suas operações”, explica Caldas. Para o atendimento, a operadora está investindo em capacitação da equipe, com treinamentos específicos em softwares de gestão de armazéns (WMS) e operações de inventário, conferência e expedição de itens fracionados.

A Pacer completa dez anos neste ano, com expectativa de crescimento de 35%. Atualmente, a companhia conta com mais de 30 unidades espalhadas no Brasil, 650 funcionários, seis mil toneladas de carga movimentada por ano e 300 veículos utilitários e caminhões de frota própria e de parceiros.

“A inauguração da Pacer Cajamar é fundamental para estratégia de crescimento da empresa. Não só pela localização do CD, mas também pela complexidade da operação a ser executada ali”, conclui Caldas.

COMMENTS