Vale anuncia primeira etapa do programa de expansão do Porto Norte, em São Luís (MA)

Projeto que contempla a expansão do Terminal Marítimo de Ponta da Madeira expandirá a capacidade logística de Carajás para 150 milhões de toneladas métricas anuais

Vale obtém licença para operar no terminal ferroviário Ponta da Madeira, no Maranhão
MAN Latin America vende seis ônibus off-road
Vale obtém licença de operação portuária para expandir participação em Carajás (PA)

vale-terminal-etapaA mineradora Vale anunciou que a primeira etapa do Programa de Capacitação Logística Norte (CLN 150) Onshore já entrou em operação assistida. O projeto contempla a expansão do Terminal Marítimo de Ponta da Madeira, em São Luís (MA). Foram cinco anos de estudos, engenharia, obras civis, fabricação, montagens e comissionamento de equipamentos até chegar a esta fase.

A área operacional recebeu dois novos viradores de vagões, com capacidade para descarga simultânea de 16 mil toneladas por hora; dois pátios para estocagem, com capacidade de 600 mil toneladas cada; uma empilhadeira de lança giratória, considerada a maior do mundo, com capacidade nominal de 16 mil toneladas por hora; além de outros equipamentos.

O CLN 150 expandirá a capacidade lo gística de Carajás para 150 milhões de toneladas métricas anuais, envolvendo a duplicação de 125 quilômetros da Estrada de Ferro Carajás e a construção de um terminal ferroviário, em adição ao Píer IV do terminal marítimo Ponta da Madeira.

COMMENTS