Salário de profissional do transporte de cargas é reajustado com 9% de aumento

Salário de profissional do transporte de cargas é reajustado com 9% de aumento

Acréscimo está em vigência desde o mês de maio; colaborador receberá mais 1% de aumento em setembro deste ano. Reajustes valem para os trabalhadores que atuam dentro da base territorial do SETCESP, Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região

Iveco desenvolve aplicativo para iPhone com serviços para motoristas
Fábrica da Ford em SBC volta a operar
Revista Rodovia Brasil e Portal Transporta Brasil testam o caminhão Atego 3030 da Mercedes-Benz

caminhao

O SETCESP (Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas de São Paulo e Região) anunciou que concluiu as negociações com a maioria dos sindicatos laborais de sua base territorial para a celebração das Convenções Coletivas de Trabalho. Com isso, as entidades determinaram novos pisos salariais e definiram uma série de detalhes das relações trabalhistas entre as empresas de transporte e os profissionais do setor.

Sendo assim, o reajuste salarial que fixado pela Convenção Coletiva é de 9% em maio e mais 1% no mês de setembro. As diárias ficaram em R$ 15,26 (almoço/jantar), pernoite R$ 22,56. Já a PLR (Participação nos Lucros e Resultados) será de R$ 500,00, e deverá ser paga para o colaborador em duas vezes de R$ 250,00.

Os pisos salariais e detalhes definidos junto aos sindicatos já estão vigência desde o mês de maio e valem somente para os trabalhadores com atuação nos seguintes municípios paulistas: Amparo; Arujá; Atibaia; Barueri; Biritiba-Mirim; Bom Jesus dos Perdões; Bragança Paulista; Caieiras; Cajamar; Campo Limpo Paulista; Carapicuíba; Cotia; Embu; Embu-Guaçu; Ferraz de Vasconcelos; Francisco Morato; Franco da Rocha; Guararema; Guarulhos; Itapecerica da Serra; Itapevi; Itaquaquecetuba; Itatiba; Itupeva; Jandira; Jarinú; Joanópolis; Jundiaí; Juquitiba; Louveira; Mairiporã; Mogi das Cruzes; Morungaba; Nazaré Paulista; Osasco; Pedra Bela; Piracaia; Pirapora do Bom Jesus; Poá; Salesópolis; Santa Izabel; Santana do Parnaíba; São Paulo (Capital); Suzano; Taboão da Serra; Vargem Grande Paulista e Várzea Paulista.

Confira abaixo a tabela contendo os novos pisos salariais e o PTS (Prêmio por Tempo de Serviço):

tabela-reajuste-sp

COMMENTS