Prefeitura de Salvador (BA) anuncia restrição de caminhões

Operações de carga e descarga em Salvador serão alteradas a partir do dia 5/7; segundo Superintendência de Trânsito e Transporte da cidade, delimitações poderão ser revisadas

Coopercarga operará com caminhão 100% movido a GNV
Estado de SP pode contar com lei de incentivo à renovação da frota de caminhões
Câmara aprova anistia para multas de caminhoneiros que bloquearam rodovias durante protestos

salvador-caminhoes-restrica

A Prefeitura de Salvador (BA) publicou nesta quarta-feira (5 /6) um decreto que determina novas regras para carga e descarga na cidade. Ficou estabelecido que no dia 5/7 a Superintendência de Trânsito e Transporte de Salvador expedirá portarias com as definições das Zonas de Restrição de Operação de Carga e Descarga e Áreas com Restrição a Circulação. Em nota enviada à imprensa, a administração afirmou que as delimitações poderão ser revisadas.

Conforme decreto nº 23.975, assinado pelo prefeito ACM Neto (DEM), ficam proibidas operações de carga e descarga de bens e de mercadorias em estabelecimentos comerciais e de serviços de segunda a sexta-feira, das 6h às 21h, e antes das 14h, aos sábados.

Operações realizadas com automóveis e motocicletas, serviços de tratamento e abastecimento de água, assistência médica e hospitalar e coleta de lixo estão fora do enquadramento de proibição.

A restrição ficou mantida para o trânsito de caminhões e tratores nas Áreas de Restrição a Circulação da capital baiana, nos períodos compreendidos entre 6h e 10h, de segunda a sábado; 17h e 20h de segunda a sexta-feira; e 9h e 20h, aos sábados, domingos e feriados na Orla.

COMMENTS