Porto de Paranaguá (PR) bate recorde de fluxo e sem formação de filas

Pátio da unidade portuária recebeu, de janeiro a maio, 155.672 caminhões carregados com grãos; porto registra quase dois anos sem filas

DAF recebe licença para instalação de fábrica em Ponta Grossa (PR)
Iveco traz linha premium de extrapesados com o novo Stralis Hi-Way
Transportadora Paradiso Giovanella compra 35 Iveco Hi-Way

paranagua-filas-porto

O Pátio de Triagem do Porto de Paranaguá (PR) recebeu, de janeiro a maio, 155.672 caminhões carregados com grãos. O volume acumulado é o maior registrado na história da unidade. Além do fluxo, os administradores comemoram o período sem formação de filas de caminhões no local.

“São quase dois anos sem registrar qualquer episódio de filas. Aprimoramos as regras, fizemos um amplo programa de comunicação para divulgá-las e intensificamos a fiscalização para vencer este problema que tanto atrapalhava o desempenho dos portos paranaenses. Nosso sistema é eficiente e tem inspirado inclusive outros portos a nos visitar e estudar a nossa solução logística”, diz governador do Paraná, Beto Richa.

Considerando a movimentação apenas do quinto mês de 2013, chegaram ao Pátio 41.250 caminhões, 18% a mais do que foi registrado no mesmo período de 2012. A unidade portuária exportou, até maio, nove milhões de toneladas de grãos, entre soja, farelo de soja, milho e açúcar. O volume é 12% superior ao movimentado no mesmo período de 2012.

Com a melhora do clima, as exportações de granéis estão crescendo gradativamente. Em maio foram, em média, apenas seis dias de paralisações causadas por chuvas. Em abril, foram cerca de quatro dias. No primeiro trimestre, foram 30 dias de paralisações causadas pelo clima.

“Acreditamos que, mais uma vez, o Porto de Paranaguá irá encerrar o ano com um novo recorde de exportação de granéis”, afirmou o secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho.

No mês de maio, o Carga Online – sistema que ordena o recebimento de carga a granel no Porto de Paranaguá – recebeu mais uma funcionalidade, aprimorando o sistema que acabou com a fila de caminhões nas estradas. A partir de agora, os caminhoneiros podem consultar, via SMS ou pelo site, se a carga que irão transportar já está cadastrada no sistema eletrônico da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina.

“A orientação do governador Beto Richa é de atender o agronegócio paranaense e respeitar o caminhoneiro, que faz este negócio girar. Com o melhoramento constante do sistema Carga Online estamos garantindo agilidade no escoamento da safra e permitindo que o caminhoneiro seja respeitado, sem ter que amargar horas nas filas ao longo das estradas”, explica o superintendente dos portos do Paraná, Luiz Henrique Dividino.

O Carga Online é um sistema eletrônico de agendamento de cargas que só permite o envio de caminhões ao Porto de Paranaguá mediante espaço em armazém para receber os produtos e navio nomeado para receber a mercadoria.

COMMENTS