Cresce fornecimento de hidrogênio como combustível para o setor de logística

Empresa Air Liquide entregará para a francesa IKEA um centro de enchimento de hidrogênio para abastecer plataforma de logística em Saint-Quentin-Fallavie; utilização do gás como combustível de empilhadeiras vem crescendo também na América do Norte

Preço médio da gasolina sobe após quatro semanas de queda
TAM Linhas Aéreas recebe prêmio por gestão de combustível
Preço médio da gasolina no Brasil encerra 2016 em R$ 3,75 por litro

air-liquide-hidrogenio

A empresa fornecedora de gases para a indústria Air Liquide entregará para o grupo varejista francês IKEA um centro de enchimento de hidrogênio que servirá para abastecer parte de sua plataforma de logística em Saint-Quentin-Fallavier, próximo à cidade de Lyon, na França.

A unidade terá capacidade para abastecer cerca de vinte empilhadeiras movidas a células de hidrogênio combustível produzidas pela HyPulsion. Essas empilhadeiras elétricas possuem uma capacidade operacional total de oito horas, e, por usar o gás, produzem apenas água como resíduo.

O centro de enchimento da Air Liquide fornecerá o hidrogênio a uma pressão de 350 bares e as recargas serão feitas em três minutos. A substituição das baterias elétricas por células combustíveis apresenta mais flexibilidade e maior produtividade, pois amplia o tempo operacional para seus usuários, além de reduzir o tempo de máquina parada para recarga.

Com uma área de 100.000 m2, o centro de distribuição da IKEA em Saint Quantin-Fallavier é o principal depósito da logística de suprimento das lojas IKEA no Sul da Europa, onde a empresa gerencia o recebimento e a estocagem dos produtos provenientes de todas as partes do mundo.

“Este projeto está em linha com outros projetos energéticos inovadores que o nosso Grupo vem realizando. Além disso, isto nos permite aumentar a nossa eficiência operacional. Contribui para a evolução do quadro regulamentar, o que proporcionará um avanço no uso de hidrogênio combustível na França”, afirmou Gert Bruggers, gerente geral do setor de Distribuição de Serviços da IKEA França.

Combustível alternativo

Os Estados Unidos e o Canadá também estão passando a utilizar mais hidrogênio como condutor de energia para plataformas de logística. Juntos, os países da América do Norte já contam com mais de 3.000 empilhadeiras atualmente movidas a hidrogênio. A conversão de apenas 10% da frota de empilhadeira no mundo representaria um mercado potencial de hidrogênio de € 7 bilhões.

“Depois da assinatura de contratos na América do Norte, o Grupo se sente orgulhoso de poder construir este centro de enchimento na plataforma logística da IKEA na França. Este projeto, que é o primeiro na Europa, atesta a competitividade e amadurecimento técnico desta solução voltada para empilhadeiras elétricas. E graças à cooperação entre os parceiros dos setores público e privado, esta é uma oportunidade que pode direcionar as mudanças das regulamentações, alavancando, assim, o uso de hidrogênio combustível na França”, comentou François Darchis, vice presidente sênior e membro do Comitê Executivo da Air Liquide.

COMMENTS