Locar é contratada para operar em montagem de módulos de navio-plataforma na Bacia de Santos

Empresa atuará no FPSO Cidade de Ilha Bela com dois guindastes modelo Liebherr LR 1750, com capacidade de 750 toneladas cada um

Produção acumulada no pré-sal alcança marca de 192 milhões de barris de óleo equivalente
Petrobras anuncia novas atividades no pré-sal da Bacia de Santos
Petrobras termina coleta do óleo derramado na Bacia de Santos

guindasteA empresa Locar Guindastes e Transportes Especiais atuará na montagem de módulos do navio-plataforma FPSO (sigla em inglês para Unidade Flutuante de Armazenamento e Transferência) Cidade de Ilha Bela, que atuará na exploração de petróleo na camada de pré-sal na região do campo Sapinhoá, na Bacia de Santos, a 300 metros da costa e 2.140 metros de profundidade. A unidade obteve um financiamento de US$ 1 bilhão para a construção.

A Locar foi contratada pelo Estaleiro Brasa, situado em Niterói. A empresa realizará as operações com dois guindastes com capacidade de 750 toneladas cada um (modelo Liebherr LR 1750) e ainda auxiliará na montagem dos módulos. Ao todo, os guindastes vão atuar com 10 módulos, movimentando algo em torno de 15.785 toneladas.

A plataforma vai entrar em operação no próximo ano e será operada por um joint venture da SBM Offshore e Queiroz Galvão Óleo e Gás, e a Mitsubishi Corporation. A FPSO Cidade de Ilha Bela vai contar com instalações de convés para processar 150 mil barris por dia de fluídos de produção e seis milhões de metros cúbicos de gás por dia. E será a segunda plataforma na exploração do pré-sal naquela região.

COMMENTS