GKO lança ferramenta que informa dados da entrega em tempo real

Confirma Fácil acelera procedimento logístico ao permitir validação jurídica de canhoto de confirmação de entrega digital

Lei do Motorista provoca debate entre embarcadores
AmBev anuncia construção de nova fábrica em Pernambuco
84% das transportadoras brasileiras encolheram faturamento em 2016

operacoes-vuc

A GKO Informática está lançando uma nova ferramenta que proporciona ao embarcador a possibilidade de obter as informações de suas entregas em tempo real. Denominado Confirma Fácil, o recurso aproxima embarcadores e seus clientes, e oferece ao usuário a validade jurídica da comprovação de entrega por meio eletrônico do ambiente SEFAZ (Secretaria da Fazenda).

Segundo o gerente responsável pelo produto, José Carlos Pereira, o Confirma Fácil tem dois pontos principais. O primeiro consiste em tornar o processo de confirmação de entrega simples para os clientes por meio de um ambiente web, gerando notificações e ocorrências em tempo real, enviadas para qualquer sistema do embarcador. O outro ponto é que a solução viabiliza a substituição de todo o processo de retorno e arquivamento do canhoto do DANFE (documento que é a cópia impressa da NFe) assinado pelo destinatário, para o embarcador, pela disponibilidade e o envio de um documento chamado Manifestação do Destinatário, assinado digitalmente por meio do SEF AZ, com a mesma validade jurídica.

Na prática e sob o ponto de vista do embarcador, a solução traz agilidade logística tanto com o retorno imediato das ocorrências de entregas quanto com a validação das entregas, isentando a necessidade da empresa arquivar documentos fiscais impressos já que ficam arquivados no formato digital. Sob o ponto de vista do destinatário, o sistema representa uma forma fácil, robusta e segura de manifestar seus recebimentos e sinalizar problemas nos mesmos.

“O Confirma Fácil atende a norma imposta pelo Minist ério da Fazenda por meio do ambiente SEFAZ (relativa ao documento eletrônico Manifestação do Destinatário) prevista para ser totalmente implementada e obrigatória em breve, tal como vimos acontecer com a Nota Fiscal Eletrônica, trazendo confiabilidade para as informações de recebimento, que serão validadas no SEFAZ”, explica o executivo.

Pereira ressalta que quem recebe a entrega pode recuperar o arquivo da NFe automaticamente, passando a arquivá-la em um ambiente adequado, tornando esta operação mais centralizada.

“O produto possib ilita a visibilidade e identificação das NFes emitidas contra o destinatário, o que permite a criação de procedimentos de planejamento para o recebimento e identificação de qualquer NFe emitida e evidenciando as que são inválidas ou fraudulentas”, conclui.

COMMENTS