Brado Logística amplia unidade em Cambé (PR)

Operação tem como objetivo ampliar capacidade inicial de 20 vagões por encoste para 40 vagões, com dois trens diários

Brado Logística investe R$ 8 mi na ampliação de câmara frigorífica
Brado Logística vai investir 80% do orçamento em aquisição de equipamentos em 2012
Brado e Santos Brasil intensificam parceria para escoamento de cargas por ferrovia

brado

A Brado Logística iniciou recentemente as obras de ampliação da estrutura em Cambé (PR). A capacidade inicial de 20 vagões por encoste será ampliada para 40 vagões, com dois trens diários, aumentando o volume do transporte de contêineres pela ferrovia até o Porto de Paranaguá (PR), que é o principal destino das mercadorias.

A unidade de Cambé está em operação desde 2011, e possui atualmente 50% de suas operações dedicadas ao transporte ferroviário em contêineres de commodities, como soja e milho e 50% em refrigerados, como carnes.

“Contamos com a parceria do município para conseguir dobrar nossa capacidade operacional e atender os produtores da região no escoamento de cargas pela ferrovia”, comentou o gerente da unidade, Luiz Fernando Carminatti.

Responsabilidade ambiental

Durante as obras, a Companhia recebeu a assessoria da Prefeitura de Cambé para realizar a supressão vegetal, que determinou a retirada de 351 plantas e a compensação de cinco vezes esta quantidade em novas mudas. No total, foram doadas 1755 mudas de plantas nativas da região para o Horto Municipal.

“A doação das mudas vai ao encontro da vocação ecológica da Companhia. A Brado realiza o transporte de contêineres pela ferrovia, que é energeticamente mais eficiente do que a rodovia, por emitir menos quantidade de carbono na atmosfera por tonelada transportada”, diz o gerente de projetos de infraestrutura da Brado, Alessandro Bernardi.

COMMENTS