Vale obtém licença de operação portuária para expandir participação em Carajás (PA)

Autorização de natureza ambiental visa às operações onshore e offshore para o Píer IV do terminal marítimo de Ponta da Madeira, localizado no Estado do Maranhão

Vale obtém licença para operar no terminal ferroviário Ponta da Madeira, no Maranhão
VLI cria nova rota para escoamento de soja para o Porto de Itaqui (MA)
Vale anuncia primeira etapa do programa de expansão do Porto Norte, em São Luís (MA)

ponta_da_madeira

A mineradora Vale recebeu neste mês de abril a licença ambiental para operações onshore e offshore para o Píer IV do terminal marítimo de Ponta da Madeira, localizado no Estado do Maranhão . Autorização foi emitida pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente.

De acordo com a companhia, a parte onshore envolve dois viradores de vagões, dois pátios de estocagem de minério de ferro, uma empilhadeira, duas recuperadoras de minério de ferro e correias transportadoras. Já a parte offshore contém o berço Sul do Pier IV, uma ponte de acesso de 1,6 quilômetros, carregadora de navios com a respectiva linha de carregamento de 16 mil toneladas por hora, sistema de proteção ambiental, um píer para rebocadores e outros equipamentos.

Com a obtenção licença, a Vale passa a dispor de todas as autorizações de campo ambiental solicitadas para as operações portuárias do projeto CLN 150. O plano permite a expansão da capacidade logística de Carajás para 150 milhões de toneladas métricas anuais, o que envolve a duplicação de 125 km da Estrada de Ferro Carajás e a construção de um terminal ferroviário, em adição ao Píer IV do terminal de Ponta da Madeira.

COMMENTS