Governo anuncia R$ 2,4 bilhões em obras de rodovias do Rio Grande do Sul

BR-448, BR-116 e BR-392 serão as estradas contempladas; objetivo do investimento é desafogar o trânsito e tentar escoar a produção

Duplicação da BR-116 poderá ser liberada ainda este ano
Governo revê conta e onera usuários com custo do pedágio
ANTT aumenta pedágio da BR-290 no Rio Grande do Sul

br-116

Em visita ao Rio Grande do Sul, a presidente Dilma Rousseff anunciou na sexta-feira (12/4) que investirá R$ 2,4 bilhões em melhorias no tráfego e no escoamento da produção da região metropolitana de Porto Alegre.

A primeira das três obras anunciadas é o trecho de 32 quilômetros da BR-448, entre Estância Velha e Sapucaia do Sul, com um custo estimado de R$ 530 milhões. Obra ampliará o acesso à região metropolitana de Porto Alegre e à região de Caxias. O edital deve sair em junho de 2014.

Segundo o discurso da presidente, outro trecho contemplado será o que liga a capital a Novo Hamburgo pela BR-116. N este local, o custo estimado da obra é de R$ 330 milhões e serão efetuadas medidas complementares para desafogar o trânsito na região metropolitana, o que inclui passagens de nível, e alargamento de viadutos. O terceiro empreendimento é a ligação entre Santa Maria e Santo Ângelo pela BR-392, com uma extensão de 235 quilômetros, a um custo de R$ 1,6 bilhão.

Para a realização dos serviços, serão entregues 120 máquinas (80 retroescavadeiras e 40 motoniveladoras) o que totaliza um investimento de R$ 28 milhões.

“Rodovias, hidrovias, portos, aeroportos são essenciais para nosso País. Sem eles o Brasil não compete internacionalmente como deve e nem aproveita todas as suas oportunidades tanto na área agrícola, no que se refere à exportação de bens, como no mercado interno, no escoamento da produção”, disse a presidente na ocasião.

COMMENTS