Ferroeste recebe do Dnit 3º lote de peças para locomotivas

Desta vez, companhia ferroviária recebeu 108.280 quilos de material que será usado na recuperação e manutenção de trens

Estiagem prejudica transporte de combustível para RO, AM e MT
DNIT adia pela quinta vez conclusão de obra em rodovia do Espírito Santo
Deracre fará operação emergencial de tapa-buracos na BR-364, em Sena Madureira (AC)

ferroeste-dnit

A Ferroeste (Estrada de Ferro Paraná Oeste) recebeu do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), neste mês de abril, o terceiro lote de peças e equipamentos de reposição para sua frota de locomotivas. Foram utilizadas cinco carretas para fazer o trans porte de 108.280 quilos de material, que veio da cidade de Cruzeiro (SP) até o terminal de Guarapuava (PR). Peças que estavam acondicionadas em caixas, sem uso, desde a extinção da Rede Ferroviária Federal são de utilidade imediata para a manutenção das locomotivas modelos GL8 e GMG12.

Dentre nos materiais cedidos estão mancais para motor diesel, camisas de motor diesel e rolamentos ferroviários de diversos tipos. Também foram entregues bielas de motor diesel e pedais de um equipamento conhecido como “homem morto”, o qual se trata de um dispositivo de segurança. De acordo com técnicos da Ferroeste, somente as unidades de controladores mestres que chegaram nessa partida somam cerca de R$ 240 mil. Vieram ainda outros itens úteis na manutenção de locomotivas e que estão permitindo à companhia ferroviária manter a frota em boas condições.

O material entregue esse ano, que pertencia à extinta RFFSA (Rede Ferroviária Federal), estava sob a guarda do Dnit em depósitos das cidades de Cruzeiro e Curitiba (PR). A expectativa é que novos lotes possam vir, futuramente, de Sorocaba, Bauru e Avaí, todas de São Paulo.

COMMENTS