Empresa conclui sondagem de linha 3 do metrô de Belo Horizonte (MG)

Trecho com 4,5 quilômetros de extensão ligará Savassi à Lagoinha; estudo geológico do local constou capacidade de suporte para linha subterrânea

Produção de caminhões continua com o freio puxado e recua 32,8% até maio
DNIT decide ampliar serviço dos Veículos de Diagnóstico de Rodovias
Comissão aprova projeto que obriga uso de farol baixo durante o dia

metro_mgA Metrominas (Empresa Pública Trem Metropolitano de Belo Horizonte), informou que no final do mês de março foram concluídas as operações de sondagem da linha 3 do metrô, a qual ligará Savassi à Lagoinha – bairros da capital mineira – com seus 4,5 quilômetros de extensão. Foram realizados cerca de 180 furos, com profundidade média de 35 metros. Trabalho havia sido iniciado em setembro de 2012.

No estudo geológico do trecho consta boa capacidade de suporte e está apto a receber a implantação de via subterrânea. Já o projeto de engenharia, que será iniciado em breve, definirá a melhor técnica executiva de escavação.

“O conhecimento adequado das condições do subsolo do local onde deverá ser executada a obra, é fator essencial para a execução do projeto de engenharia, possibilitando desenvolver alternativas que levem à soluções tecnicamente seguras e economicamente viáveis”, analisou Diogo Prosdocimi, diretor Executivo da Metrominas.

Segundo o presidente da Metrominas, Fabrício Sampaio, a companhia aguarda para os próximos dias a ordem de início para execução dos projetos de engenharia das linhas 1, 2 e 3. Na linha 1, a única já existente e que faz a ligação da Estação Vilarinho ao Eldorado, os serviços de sondagem serão executados no trecho entre a estação Eldorado e o Novo Eldorado e serão iniciados em breve. Já na linha 2, que ligará o Barreiro ao Nova Suiça, os trabalhos já foram concluídos no segmento entre o Barreiro o Anel Rodoviário e, no momento, estão em andamento do Anel até a região do Nova Suiça.

As ordens de início para os estudos e para os serviços de topografia das três linhas de metrô serão dadas em breve. O prazo para a execução dos três projetos é de um ano e após serem concluídos, serão tomadas as providências para as execuções das obras e contratação da empresa selecionada pela concessão tipo Parceria Público-Privada, futuramente responsável pela operação do sistema.

O valor total da modelagem do metrô é R$ 3,1 bilhões. A União participa com R$1,0 bilhão; o governo do Estado com R$ 750 milhões, por meio de financiamento; já o restante da verba será dividida entre o Governo de Minas, as Prefeituras e a iniciativa privada.

COMMENTS