Ferroeste recebe do DNIT 150 toneladas de peças e equipamentos de reposição para locomotivas

Ao todo, a companhia ferroviária contabilizou 1.182.006 peças diversas; empresa aguarda liberação de um novo lote

Justiça Federal determina prazo para instalação de balanças nas rodovias do Pará
Contorno viário do Mato Grosso vai receber quase 22 milhões de reais em obras
Deracre fará operação emergencial de tapa-buracos na BR-364, em Sena Madureira (AC)

Ferroeste-recebimento-Dnit

A Ferroeste (Estrada de Ferro Paraná Oeste) recebeu do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) 150 toneladas de peças e equipamentos de reposição para locomotivas. O material, cedido ao longo do primeiro trimestre deste ano, era da antiga RFFSA (Rede Ferroviária Federal), e foi transportado por nove carretas até Guarapuava (PR), onde estão instaladas as oficinas da companhia.

A empresa recebeu peças como resfriadores de óleo, pistões, contactores de reversão, anéis de pressão, fusíveis, válvulas, além de outros itens. Os volumes retirados nos vários barracões do DNIT localizados em Campinas (SP), Cruzeiro (SP), Curitiba (PR) e Colombo (PR) já somam 1.182.006 peças diversas. Além disso, a Ferroeste está aguardando a liberação de um novo lote de 150 toneladas que também estão na cidade de Cruzeiro.

“O apoio do DNIT à Ferroeste tem sido muito importante”, comenta o presidente João Vicente Bresolin Araujo. “Graças à cessão desses equipamentos foi possível recuperar quatro máquinas que estavam inativas”, comenta.

A cessão de direito de uso gratuito das peças, máquinas e equipamentos ferroviários foi viabilizada no final de 2011 pelo DNIT.

COMMENTS