Aliança nomeia mulher como 1ª oficial náutica de porta-contêineres

Liliane Teixeira e Silva é uma das 33 mulheres que atuam pela companhia, 10% dos profissionais em alto mar

Hamburg-Süd e Aliança reformulam rotas da Europa e América do Sul
Aliança Navegação e Logística apoia ModClima em evento sobre combate à desertificação, na Alemanha
Hamburg Süd e Aliança anunciam novo diretor-executivo no Brasil

alianca-mulher-comandante

A empresa Aliança Navegação e Logística nomeou Liliane Teixeira e Silva como a 1ªoficial náutica do porta-contêineres “Sebastião Caboto”. A profissional é uma das 33 mulheres que atuam pela companhia, o equivalente a 10% dos funcionáriosem alto mar.

Graduada em Oceanologia pela Fundação Universidade Federal do Rio Grande, Liliane atua desde 2009 pela Aliança. Recentemente, a oficial trouxe o navio de Xangai(China) até Manaus (AM). A unidade conta com capacidade para transportar 3.800 TEUs (unidade equivalente a um contêiner de 20 pés).

“Navio sempre foi uma curiosidade e uma paixão, mas nunca tinha pensando na possibilidade de me tornar uma oficial de náutica. Persisti e aqui estou”,comenta a oficial.

Como 1ª oficial de náutica, Liliane é responsável por todos os equipamentos,radares, cartas de navegação e serviços de comunicação a bordo do navio. No porto, ela tem a função de acompanhar toda a operação de carga e descarga, além de observar e anotar possíveis avarias e atentar para a estabilidade da embarcação. Na manobra, é responsável pela atracação e desatracação na proa do navio.

“Todos os nossos porta-contêineres têm mulheres em cargos diversos. E as incumbências das profissões são as mesmas do que a dos homens. Não fazemos distinção”,afirma Marcos Vieira, gerente de tripulação da Aliança.

COMMENTS