Volvo comemora resultados e poderá trazer nova marca de caminhões

Volvo comemora resultados e poderá trazer nova marca de caminhões

Montadora realizou encontro anual com a imprensa para apresentar os resultados de 2012 e as perspectivas para 2013 e deixou no ar sua intenção de trazer uma segunda marca de caminhões para o Brasil, que pode ser a Mack, a Renault Trucks ou a UD Trucks

Grupo Volvo inaugura concessionária na República Dominicana
Volvo vende 28 ônibus articulados para companhia de Guatemala
FPT fornecerá 1.500 motores a fabricante peruana de ônibus

A Volvo do Brasil comemorou o ano de 2012, apesar de todo seu caráter atípico para o mercado de caminhões e ônibus em nosso país. Em toda a América Latina, durante o período, a empresa entregou um total de 19,1 mil caminhões, 15,8 somente no Brasil, o que lhe valeu uma participação de mercado de pouco mais de 18%, crescimento de um ponto percentual.

“O Brasil representa cerca de 10% dos negócios globais da Volvo e o nosso resultado positivo, apesar de um ano de mercado muito difícil, demonstra a nossa força e o nosso posicionamento no mercado brasileiro”, disse Roger Alm, presidente da companhia na Região.

Todo este entusiasmo pode levar o Grupo Volvo a ampliar suas operações no Brasil. Os investimentos para o aumento da capacidade de produção da fábrica de caminhões e ônibus em Curitiba (PR) estão sendo planejados e, além disso, a empresa deixou escapar que estuda a entrada de uma segunda marca de caminhões de sua propriedade no mercado brasileiro.

Na América do Sul, a Volvo já opera com quatro marcas. Além da própria, a empresa também comercializa os caminhões Mack, Renault e UD e deixou a entender que poderá trazer uma destas marcas para o Brasil ainda neste ano. Apesar de fazer mistério sobre qual delas teria espaço no mercado brasileiro, os executivos da montadora revelam que têm intenção de ampliar a gama de produtos disponíveis no mercado brasileiro, o que incluiria linhas de caminhões leves e semi-leves.

Ainda que não haja qualquer definição sobre a nova marca da Volvo que deverá atuar no Brasil, a notícia de que a montadora quer ampliar sua presença no País é relevante e traz movimento para o mercado nacional de caminhões, em aquecimento, mas ainda convalescente de um 2012 fraco e atípico.

COMMENTS