Gol aumenta oferta internacional e reorganiza operações diárias

Gol aumenta oferta internacional e reorganiza operações diárias

Fim das atividades da Webjet e novas rotas internacionais levaram a oferta doméstica a recuar 17,8% enquanto a internacional avançou 32%. Ao mesmo tempo, a empresa reorganizará todas suas operações com mudanças de horários e frequências a partir desta semana

Conviasa assina contrato para mais sete jatos E190 da Embraer
Infraero homologa licitação para projetos no Aeroporto de Macapá (AP)
FedEx amplia serviço SenseAwareSM para todos os setores

A Gol informou na semana passada que a oferta de assentos no mercado doméstico no mês de janeiro foi reduzida em 17,8%. Por outro lado, a companhia elevou em 34,2% a oferta para rotas internacionais, ambos esses indicadores em comparação com o mesmo mês do ano passado.

De acordo com a empresa, a parada dos 737-300 por conta do encerramento das atividades operacionais da Webjet e o remanejamento da capacidade doméstica para a operação internacional contribuíram para a redução nas rotas dentro do País. Por sua vez, a taxa de ocupação de seus aviões no mercado interno ficou 2,1 pontos percentuais acima de janeiro/2012, atingindo 73,5% no período.

“Devido à redução de oferta citada acima, a demanda no período apresentou redução de 15,4% comparada ao ano anterior”, destacou a empresa em comunicado.

Já para o mercado internacional, a companhia ressaltou que o aumento da oferta deveu-se, principalmente, às novas operações diárias para cidades do hemisfério Norte, Santo Domingo (República Dominicana), Miami e Orlando (ambas nos Estados Unidos) iniciadas no final do ano passado. Já demanda no mesmo período apresentou aumento de 18,8%.

Como consequência, a taxa de ocupação dos aviões rumo ao exterior apresentou queda de 8,6 pontos percentuais na comparação anual. A Gol justifica esse fato como resultado do início recente dessas novas operações, combinado com o efeito de período de maturidade para essas rotas, iniciadas em 15 de dezembro/2012.

Em janeiro, a Companhia apresentou crescimento de 1 ponto percentual na taxa de ocupação do sistema total, atingindo 72,6%.  O yield líquido no mês apresentou um aumento de 8% na comparação com o mesmo período de 2012, ficando entre R$23,2 e R$23,7 centavos.  Por sua vez, o PRASK líquido ( receita de passageiros por assentos-quilômetro oferecidos) aumentou em 10% na comparação com janeiro/12.

De acordo com o balanço da empresa esse é o décimo aumento consecutivo desde a adoção da estratégia de redução de capacidade no mercado doméstico. Apesar do aumento o preço do combustível do mês de janeiro apresentou a mesma tendência e aumentou em cerca 18% na comparação com janeiro/2012.

Reorganização

A Gol informou por meio de nota que desde o dia 23 (acho que é isso) já tem nova organização nas suas operações domésticas e internacionais. Essa medida consiste em aumentar a frequência nas principais rotas, com mais opções de voos diretos e novos horários. De acordo com a companhia, serão 970 decolagens diárias para 51 destinos dentro do País e 14 voos internacionais, em 10 países nas Américas e no Caribe.

Para a companhia essa nova programação das operações vai proporcionar maior eficiência no transporte de cargas por meio da subsidiária de cargas, a Gollog, que acrescentará ao portfólio outras opções de voos para o transporte de cargas, que já atende 3.500 municípios brasileiros.

Apesar da reorganização, o aeroporto de Guarulhos (SP), seguirá sendo o mais importante para a distribuição dos voos nacionais e internacionais. Além disso, serão dez novas decolagens diárias para o Santos Dumont (RJ). Os clientes que compraram passagens até o último dia 31 de dezembro poderão sofrer alterações de horário e de numeração de voos. Caso o passageiro não receber um alerta da companhia, ele deve conferir os dados do voo no site da empresa ou entrar em contato pelo telefone 0800 704 0465.

COMMENTS