Porto de Santos terá volume de carga recorde este ano, diz Codesp

Movimento de carga geral deve aumentar 8% e somar 41,3 milhões de toneladas, enquanto o volume de contêineres deve subir 9%, para 3,4 milhões de TEUs

Pedágio da BA-093 sobe a partir do dia 29/4
Preço dos combustíveis continua rota de aumento em novembro
Escalada do dólar pressiona governo a reajustar gasolina e diesel

A Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp) apresentou projeções positivas para o Porto de Santos em 2013 e revelou que a movimentação de cargas no terminaldeve crescer 5,8% no ano e alcançar a marca recorde de 109,1 milhões de toneladas.

O volume poderá ser alcançado com um aumento de 5,7% das exportações, para 75,8 milhões de toneladas, e com a recuperação das importações, com previsão de alta de 6% para 2013, com movimentação de 33,3 milhões de toneladas.

Pelos cálculos da Codesp, o movimento de carga geral deve aumentar 8% no ano e somar 41,3 milhões de toneladas, enquanto o volume de contêineres deve subir 9%, para 3,4 milhões de TEUs (unidade de medida equivalente a um contêiner de 20 pés). A expectativa considera a entrada em operação de duas novas instalações portuárias, a Brasil Terminal Portuário (BTP) e Embraport, e um cenário internacional mais favorável com perspectivas mais atraentes para as exportações brasileiras de bens de maior valor agregado.

A Codesp ainda projeta melhora para o setor automotivo, com um crescimento de 4,1% da movimentação de carros em Santos neste ano, para o equivalente a 350.744 unidades.

A companhia também divulgou ontem as estimativas finais para o desempenho do porto em 2012. A expectativa é que o volume de cargas do ano corresponda a 103,1 milhões de toneladas, alta de 6,1% em relação a 2011. Segundo as previsões da companhia, as exportações devem responder por 71,7 milhões de toneladas do total, aumento anual de 14%, enquanto as importações tendem a representar 31,4 milhões de toneladas, queda de 8,4%.

Pelas estimativas da Codesp, dentre os principais produtos exportados no porto de Santos, a movimentação de açúcar ficou praticamente estável, ao passar de 16,9 milhões para 16,4 milhões de toneladas de 2011 para 2012; a de soja (em grãos e peletizada) cresceu 13,4%, para 13,7 milhões de toneladas; e a de milho dobrou e atingiu 9,1 milhões de toneladas. Entre os destaques de importação, a queda de 2012 foi puxada pelo recuo de 17% da movimentação de adubo e pela baixa de 9,6% em carvão.

A quantidade de veículos que passaram por Santos também caiu 23% em 2012. As importações recuaram 18%, enquanto as exportações tiveram redução de 25%, pelas previsões da Codesp.

Com o aumento do volume de cargas previsto tanto para 2012 quanto para 2013, a Codesp espera contar com lucro líquido de R$ 83 milhões referente ao ano passado, o que representará um aumento da ordem de 27% em relação a 2011. Para 2013, a companhia projeta lucro líquido aproximado de R$ 100 milhões.

Com informações do Valor Econômico e Codesp

COMMENTS