Grupo ZF vai investir R$ 532 milhões em Sorocaba (SP) até 2016

Nova planta industrial e uma expansão de fábrica serão iniciadas em 2013, além de construção do centro de desenvolvimento de protótipos

Fim do mês trará eventos importantes dos setores de pneus e borracha
Bridgestone descobre que a planta “dente-de-leão” pode ser uma fonte sustentável de borracha natural
Firestone tem novo pneu rodoviário para pesados

O Grupo ZF deu início a uma série de investimentos em infraestrutura e tecnologia no Brasil. Até 2016, a empresa prevê a aplicação de R$ 532 milhões em uma nova fábrica para componentes de metal-borracha e plástico, uma nova linha de montagem das transmissões da linha média de ônibus e caminhões, nova linha de eixos agrícolas, além de um centro de desenvolvimento de protótipos na cidade de Sorocaba, interior paulista.

Com a introdução do programa Inovar Auto em 2012, as montadoras estão obrigadas a investir no conteúdo nacional de seus veículos leves e pesados justificando o porte do investimento da empresa. “A ZF sempre produziu localmente grande parte de seus produtos, e com a série de investimentos previstos, vamos aumentar ainda mais a nossa participação no mercado automotivo brasileiro. Acreditamos e temos sinais e perspectivas dos grandes players na retomada de produção e vendas para 2013”, diz João Lopes, Diretor ZF Services e Marketing América do Sul.

Em 2012 a ZF apresentou a sua nova linha de montagem das transmissões para veículos da linha média. O índice de nacionalização dos produtos tem previsão de chegar a 60% já no próximo ano, sendo a capacidade produtiva na ordem de 45.000 transmissões por ano.

Uma importante novidade já em 2013 será a inauguração de uma nova fábrica da Unidade de Negócios Componentes de Metal-Borracha e Plástico. Esta fábrica será responsável pelo processo de vulcanização de borracha, adesivação e injeção de plásticos. O investimento será de R$ 15 milhões, com uma área construída de 6.500 m2 e contará com 150 funcionários. Também em 2013 haverá o anúncio da ampliação da fábrica de Sorocaba, prevista para os próximos anos.

COMMENTS