Em dois anos, Paraná quadruplica investimentos em aeroportos

Em 2012 o fluxo nos aeroportos do Estado aumentou mais de 27%, em comparação com o ano anterior. O maior crescimento foi registrado em Ponta Grossa, com variação de 545,55%, até outubro

Governo assina contratos de concessão de quatro aeroportos
TAM lança aplicativo de realidade aumentada para Android e iPhone
Aeroporto Internacional Tom Jobim (RJ) recebe autorização para operar voos com super jatos

O Governo do Estado do Paraná investiu, em dois anos, quatro vezes mais em infraestrutura aeroportuária que todo o montante aplicado nos sete anos anteriores.

A Secretaria de Infraestrutura e Logística do Estado informou que, no biênio 2011-2012 os investimentos somam R$ 21.843.617,70, enquanto no período de 2004 a 2010 foram aplicados apenas R$ 5 milhões.

De acordo com o Departamento de Fomento Municipal para Ações de Infraestrutura e Logística da secretaria, entre 2013 e 2014 o setor receberá aportes de R$ 34.714.927,86. “No setor aeroviário há uma demanda crescente, que exige um cuidado maior com a infraestrutura dos aeroportos regionais e investimentos para dar mais segurança aos passageiros”, disse o secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho.

Fluxo

Segundo levantamento da Secretaria de Infraestrutura, o volume de passageiros em 2011 apresentou crescimento de 25,7%, em relação ao ano anterior. Somando embarques e desembarques, o movimento geral de passageiros no ano passado foi de 10,5 milhões de pessoas.

A tendência de crescimento se mantém em 2012. Os principais aeroportos regionais do Estado registraram aumento no movimento de passageiros nos primeiros dez meses do ano, em relação a igual período de 2011. O maior crescimento foi registrado em Ponta Grossa, com variação de 545,55%, até outubro, principalmente pelo incremento nas atividades do aeroclube local. Foram mais de 11.717 passageiros transportados no período.

O aeroporto de Cascavel teve crescimento de 187,57% na movimentação de passageiros. O percentual reflete o retorno à normalidade do aeroporto, que ficou parado três meses em 2011, para reformas. Desde o começo do ano, embarcaram e desembarcaram em Cascavel, 140.483 passageiros.

Os aeroportos de Londrina e Maringá tiveram crescimento de 16,03% e 16,51%, respectivamente. Os números resultam do incremento do transporte aéreo na região, atendendo populações com alto poder aquisitivo. Londrina movimentou 917.196 passageiros, enquanto Maringá movimentou 651.643 passageiros.

Os dois aeroportos internacionais do Estado, administrados pela Infraero, até outubro apresentaram taxas de crescimento menores que a nacional, mas com grande movimentação de pessoal. O Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu teve evolução positiva (4,1%), com 1.400.735 embarques e desembarques. O Aeroporto Internacional Afonso Pena manteve a movimentação, com 5.753.748 passageiros no período.

COMMENTS