Planta da Volkswagen em São Carlos (SP) já produziu mais de 7,5 milhões de motores

Unidade é responsável pela produção de 51 modelos totalizando uma média de 70 mil motores por mês, tornando-se a terceira maior fábrica de motores do grupo, atrás somente de Salzgitter, na Alemannha, e Györ, na Hungria

Lufthansa Cargo reforça voos para o Brasil para ajudar no combate à pandemia
MB Atego tem nova transmissão Ecomid da ZF
Brasil é o maior mercado da Scania pelo terceiro ano

A fábrica da Volkswagen na cidade paulista de São Carlos está completando 16 anos de operação. Desde 1996, a unidade já produziu mais de 7,5 milhões de motores.

Consolidada como a terceira maior fábrica de motores do grupo Volkswagen, atrás somente de Salzgitter (Volkswagen), na Alemanha, e Györ (Audi), na Hungria, a planta emprega mais de 800 pessoas e é responsável pela produção de uma média de 70 mil motores por mês em 51 modelos diferentes, de 1.0, 1.4 e 1.6 litro, os quais equipam os modelos Novo Gol, Fox, Novo Voyage, Crossfox, Saveiro, Polo, Polo Sedan, Kombi, Gol G4 e Golf.

A produção é dividida em onze linhas de usinagem e montagem, contendo 18 robôs e 77 estações automáticas.

Para o mercado brasileiro, 100% dos motores recebem a tecnologia bicombustível Total Flex. Para o mercado externo são produzidos motores a gasolina que são montados nos veículos para exportação e também são exportados motores parciais para a Argentina.

Em 2011 a unidade atingiu o volume recorde de 879.708 motores produzidos, um aumento de 3,2% em relação a 2010. Destes, para o mercado externo, foram produzidos 212.686 motores, incluindo propulsores montados nos veículos para exportação e motores parciais enviados para a produção da SpaceFox, na Argentina.

Ao longo dos 16 anos, a unidade teve sua área construída ampliada para 47.400 m² e a produção do primeiro motor turbo do Brasil em 1999, da tecnologia Total Flex em 2003 e a implantação das linhas de Usinagem e Montagem de Cabeçotes em 2007.

“Nestes 16 anos São Carlos alcançou muitas conquistas significativas, visíveis, por exemplo, pelo crescimento predial da fábrica. Contamos com linhas de montagem de alto nível tecnológico, ações de sustentabilidade que são referência no Grupo e na região e investimos em constante capacitação dos empregados”, disse Andreas Hemmann, gerente da unidade.

COMMENTS