Manutenção do eixo cardan está relacionada ao tipo de uso do veículo

Correta lubrificação do cardan, com graxa adequada, nos prazos recomendados pelo fabricante evita desgaste prematuro do componente

Novo Iveco Stralis traz garantia de quatro anos
Governo do Rio edita Lei que isenta caminhões novos de ICMS
Veloce reduz 19% das emissões de poluentes com nova política

O eixo cardan, sistema responsável por transmitir a energia gerada pelo motor para o eixo diferencial, que, por sua vez, transfere esta força para as rodas, requer especial atenção dos caminhoneiros em relação à manutenção.

“Grande parte dos motoristas não se preocupa com a manutenção do cardan devido à aparência de simplicidade e robustez que o componente transmite. No entanto, com alguns cuidados o motorista pode garantir a vida útil da peça”, afirma Jair Silva, supervisor de serviços da Spicer.

Segundo Silva, muitos caminhoneiros deixam de fazer a lubrificação no prazo adequado, danificando o componente. “Já está mais que provado que a manutenção corretiva é muito mais cara que a preventiva”, comenta.

A manutenção preventiva é bastante simples, consiste, basicamente, na lubrificação das partes móveis do cardan (cruzetas e ponteiras de luvas). A lubrificação deve ser feita no intervalo recomendado pelo fabricante, além disso, é fundamental se atentar à graxa utilizada. “Alguns postos lubrificam com graxa de chassis. É essencial usar graxa de sabão de lítio (EP 2 – Extrema Pressão com grau de consistência 2), resistente à temperatura e à lavagem com água”, ressalta.

Produtos à base de silicone, graxas grafitadas e para chassis asseguram apenas proteção superficial, deixando a cruzeta com falta de lubrificação, diminuindo a durabilidade.

Os intervalos para lubrificação estão relacionados de acordo com a utilização do veículo e o período. Se o caminhão circula na cidade, o ideal é fazer a cada 10 mil km ou um mês. Em uso rodoviário, os prazos podem ser maiores: até 20 mil km ou três meses, o que ocorrer primeiro. Em aplicações severas ou fora de estrada, a lubrificação deve ser feita a cada 15 dias.

COMMENTS