Frota da aviação brasileira está concentrada no Sudeste e Centro-Oeste

Levantamento da Associação Brasileira de Aviação Geral mostra também que o Nordeste é a região com menor número de aeronaves, mas apresentou o maior crescimento

TAM monta operação especial para os meses de dezembro e janeiro
Em dez anos, transporte aéreo doméstico no Brasil cresce 3,5 vezes mais que o PIB
Trip se torna a maior operadora de aeronaves ATR do mundo

A Associação Brasileira de Aviação Geral (ABAG) divulgou um estudo que mostra o crescimento da frota da aviação geral nacional. Segundo a entidade, o Brasil tem, atualmente, 13.094 aeronaves, incluindo de asa fixa e rotativa, e o Sudeste é a região que concentra o maior número, com 5.601.

O segundo lugar fica para o Centro-Oeste, com 2.859 aeronaves, e, em terceiro, aparece o Sul, com 1.956. A frota de aviões da Região Norte conta com 1.522 aparelhos e o Nordeste aparece em último, com 1.121 unidades.

Apesar de figurar como a região com menor frota, o Nordeste apresentou o maior crescimento do número de aeronaves, comparando os anos de 2010 e 2011. A região cresceu 9%, contra 6% do Sudeste e Centro-Oeste.

Entre os Estados com maior frota, São Paulo aparece na frente com 3.652 aeronaves, seguido por Minas Gerais, 1.087, Mato Grosso, com 1.072, e Goiás, 899.

“Os dados começam a nos dar um registro histórico do crescimento da aviação geral no País e impressionam”, disse Ricardo Nogueira, diretor-geral da ABAG.

COMMENTS