Instituto Cargolift cria programa de reabilitação química

Por meio do Projeto Ceifar, que já atendeu mais de 900 pessoas na unidade masculina, o instituto vai receber inicialmente 36 mulheres para reabilitação e reinserção social

Cargolift recebe prêmio da GM do Brasil
Cargolift tem novo sistema TMS para gerenciar operações
Cargolift utiliza software para controlar cumprimento da Lei do Motorista

O Instituto Cargolift, iniciativa social da transportadora Cargolift, inaugurou a unidade feminina de recuperação da dependência química, que dará continuidade ao trabalho desenvolvido desde 2003 com a unidade masculina, por meio do Projeto Ceifar.

Inicialmente a unidade terá capacidade para 36 residentes em busca de abrigo, tratamento e recuperação contra a dependência química, o Ceifar Feminino será inaugurado no próximo sábado (29), às 9h30, em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba.

De acordo com os idealizadores do Projeto Ceifar, o diretor presidente da Cargolift, Markenson Marques, e a empresária Claudia Signorini Anile Santos, esta nova sede foi criada com base na grande carência de instituições semelhantes voltadas exclusivamente para o público feminino. “

Além de oferecer uma possibilidade de reabilitação para as mulheres, o centro vai contar com recursos voltados especialmente para este público. As residentes contarão com uma equipe terapêutica especializada, com psicóloga, psiquiatra, uma supervisora e duas monitoras, além de um pastor, que realizará a orientação e o aconselhamento espiritual. “

COMMENTS